Muito além da ética no mercado condominial

Muito além da ética no mercado condominial

Ano passado, no início da pandemia, logo quando surgiram as primeiras assembleias telepresenciais, identificamos no SindHub uma insegurança nos colegas de sindicatura em participarem de assembleias de eleição de síndicos e se apresentarem para as câmeras.

Na oportunidade ajudamos muitos colegas promovendo um encontro telepresencial que intitulamos de Mentoria Síndico High Tech, onde cada um simulava a sua apresentação para os demais colegas e contava com a mútua ajuda para aperfeiçoá-la. Era comum nessas apresentações os colegas listarem os pontos fortes de sua gestão. E um dos itens mais relacionados por todos os colegas era a “ética”.

É evidente que a frequência com que esse conceito aparece listado pelos colegas, em suas apresentações, como ponto forte e fundamental no exercício da função de síndico, aponta que a ética é um princípio bem avaliado pelos condôminos que o elegerão. Porém poucos se dão conta que existem princípios fundamentais que, mesmo que se não forem listados, serão pretendidos por qualquer um para qualquer função. Ou seja, não é necessário listar princípios como ética, honestidade, competência, probidade, integridade… O que a massa condominial espera de uma pessoa em que ela possa confiar o poder de representá-la e guiá-la durante o período da sindicatura são valores que remetem a virtudes.

Uma virtude é algo conquistado com muito esforço, ela se diferencia de valores como a ética, que para exercê-la não é necessário fazer algo extraordinário se não o mínimo esperado para uma determinada situação. Porém a virtude é algo conquistado com propósito, determinação e perseverança. Ela se diferencia dos outros valores por serem raros e inesperados, porém se equipara a eles por serem também valorizados. Costuma-se dizer que a conquista de uma virtude é como esculpir mármore com uma agulha. Ou seja, ela não é tão acessível e imediata como os valores mais comuns.

Chegamos ao ponto da questão: o que se espera de um síndico de excelência? Valores que representam o mínimo, ou que transcende o perfil do estereótipo do síndico. Não canso de afirmar que estamos construindo o perfil do síndico do futuro, e na jornada desse edifício é preciso identificar, espelhar e conquistar virtudes e assim se destacar de forma excelente, pois o mercado condominial merece e espera algo que vai muito além da ética.

Rogério de Freitas é graduado em Administração de Empresas, pós-graduado em Marketing e Gestão Empresarial e Síndico Profissional.

 

  • Gostou do conteúdo? Indique a um amigo!
SELECT i.*, CASE WHEN i.modified = 0 THEN i.created ELSE i.modified END as lastChanged, c.name AS categoryname,c.id AS categoryid, c.alias AS categoryalias, c.params AS categoryparams, u.userName AS nomeColunista , u.image AS imgColunista , u.userID AS idColunista FROM #__k2_items as i RIGHT JOIN #__k2_categories c ON c.id = i.catid LEFT JOIN #__k2_users u ON u.userID = i.created_by WHERE i.published = 1 AND i.access IN(1,1,5) AND i.trash = 0 AND c.published = 1 AND c.trash = 0 AND ( i.publish_up = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_up <= '2022-01-20 08:53:38' ) AND ( i.publish_down = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_down >= '2022-01-20 08:53:38' ) AND i.catid=17 AND i.catid IN(17) OR i.id IN (SELECT itemID FROM #__k2_additional_categories WHERE catid IN(17 ) )  ORDER BY i.id DESC LIMIT 0 , 1
Acesse sua Administradora