Os adolescentes no condomínio

Os adolescentes no condomínio

Adolescentes em condomínio exigem diálogo e regras claras!

Para viver bem em condomínio é preciso que você, síndico, tenha a consciência dos diversos públicos que ali habitam. Isso não é novidade.

Assim é impossível, hoje, não pensar nos adolescentes, que com seu dinamismo e disposição, muitas vezes podem se tornar fonte de discórdias e muita reclamação. O problema, via de regra, está na ausência de espaço onde possam exercer atividades próprias para a idade, então cabe ao gestor buscar maneiras e tornar essa convivência mais harmoniosa.

O ideal seria ter locais como salão de festas e de jogos, área para ouvir e tocar música, pistas de skate, espaços para dançar (tipo “baladinha”) ou até mesmo sala de estudos. Esses espaços deixam os pais mais sossegados, sabendo que seus filhos serão acolhidos no espaço do condomínio.

O que fazer?

  • Conversar com os pais e adolescentes, se flexível, ouvi-los, e entender juntos as necessidades de lugar para os jovens;
  • Avaliar os pedidos dos moradores e a sua viabilidade de implantação;
  • Colocar no regimento interno as regras de uso desses espaços, com horários definidos e multas em caso de descumprimento;
  • Mostrar para os pais e adolescentes as regras que foram estabelecidas;
  • Fazer uma assembléia específica para esse fim, com quórum qualificado, é imprescindível para que o síndico tenha todo respaldo para aplicar as normas.

Uma outra ideia que pode ser eficaz é dar aos adolescentes a possibilidade de se verem representados por meio de um síndico-mirim. Ele será eleito pelos próprios adolescentes e trarão a você quais são suas necessidades, participando inclusive de assembleias para formalizar as solicitações.

O síndico-mirim será um importante auxiliar para que haja o cumprimento do Regimento. Assim, essa integração diminui os atos de vandalismo, por exemplo, e favorece a boa convivência.

Com essas ações, os adolescentes começam a desfrutar do espaço condominial, entendendo a necessidade de respeito ao espaço e direito alheios e os pais, por sua vez, ficam mais tranquilos. E você fortalece sua liderança perante a comunidade, aspecto importantíssimo para o sucesso na gestão.

Mas lembre-se, o bom senso deve falar mais alto. Caso haja alguma infração, antes de sair multando, o administrador deve avaliar sua gravidade e tentar dialogar com os pais e adolescente. Penalidades alternativas podem ser uma solução..

  • Gostou do conteúdo? Indique a um amigo!
Enquete

Para conter a pandemia do Covid-19 quais medidas estão sendo mais difíceis de serem adotadas no condomínio?

SELECT i.*, CASE WHEN i.modified = 0 THEN i.created ELSE i.modified END as lastChanged, c.name AS categoryname,c.id AS categoryid, c.alias AS categoryalias, c.params AS categoryparams, u.userName AS nomeColunista , u.image AS imgColunista , u.userID AS idColunista FROM #__k2_items as i RIGHT JOIN #__k2_categories c ON c.id = i.catid LEFT JOIN #__k2_users u ON u.userID = i.created_by WHERE i.published = 1 AND i.access IN(1,1,5) AND i.trash = 0 AND c.published = 1 AND c.trash = 0 AND ( i.publish_up = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_up <= '2020-07-12 09:33:42' ) AND ( i.publish_down = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_down >= '2020-07-12 09:33:42' ) AND i.catid=17 AND i.catid IN(17) OR i.id IN (SELECT itemID FROM #__k2_additional_categories WHERE catid IN(17 ) )  ORDER BY i.id DESC LIMIT 0 , 1
Acesse sua Administradora