O síndico de porcelana

O síndico de porcelana

É comum ouvir desabafos constantes de síndicos e síndicas Brasil afora como este: Não aguento mais. É muita responsabilidade, muita cobrança. Não tenho tempo com minha família. Não saio de férias há anos.

Sempre tem moradores insatisfeitos reclamando. Alguns me desafiam nas assembleias, me desrespeitam, me ameaçam. Outros acusam, sem provas, alegando: “tá faltando dinheiro no caixa” – e, sequer olham os balancetes do condomínio. Minha vontade é largar tudo e procurar outra coisa para fazer...

Talvez, esta também seja a sua realidade, porém recentemente ao maratonar uma série numa conhecida plataforma de Stream, pude perceber quão relevante é o peso de alguns princípios tais como: propósito, lealdade e sacrifícios, na trajetória do sucesso em qualquer área, circunstância ou situação.

A história nos mostra muitos outros valores, mas em O Rei da Porcelana, após a esposa do príncipe dar à luz a um casal de gêmeos, a menina deve ser sacrificada, pois naquela cultura isso é considerado um mal sinal, porém a mãe implora para que sua vida seja poupada. E, em segredo, a filha é enviada para fora do palácio. Alguns anos depois, o menino é morto por engano. A mãe ao descobrir esconde a morte do filho e pede à menina que esta tome o lugar do irmão. Ela se torna príncipe, com medo que sua identidade um dia seja descoberta, e por fim Rei daquela nação. Ao longo do drama, acontecem diversos conchavos e a rotina do palácio se parece muito com a de um condomínio, guardadas as devidas proporções.

Muita cobrança sobre “o Rei”, muitos “moradores” insatisfeitos e sempre reclamando. Alguns o(a) desafiam, e também lhe ameaçam. Outros o(a) acusam, mas o que percebo claramente é que aquela menina, que depois se tornou uma mulher, apenas se manteve naquela situação durante anos, tendo se sacrificado, pelo firme propósito de governar aquele povo de uma forma justa, mesmo em meio a tantas adversidades.

Contudo, sem nenhum mérito de julgamento, o ponto alto deste cenário, ainda que pareça muito fora da realidade brasileira, deve levá-lo a se perguntar por que uns obtêm êxito e outros não. Na maioria das vezes, não queremos ouvir a orientação completa ou esperar o tempo certo para que as coisas aconteçam, queremos uma solução simples, rápida e fácil que nos leve direto ao topo.

Na série, fica claro que para se atingir um objetivo precisa-se essencialmente de muita determinação, força de vontade e perseverança. Além de planejamento de metas e execução. Fé e coragem para dar o primeiro passo e não ter medo de errar. Mas em algumas situações mesmo fazendo tudo isso, parece não estarmos alcançando nossos objetivos. Neste caso, pode ser estar faltando compromisso e lealdade, consigo e com os demais ao seu redor.

É preciso compromisso para com seus objetivos, isso significa fazer o que se tem que fazer, independentemente da situação estar favorável ou não. E, a lealdade para com seus ideais e com as pessoas é o que lhe manterá justo, certo e correto na busca pela realização do objetivo, não deixando que você mesmo traia seus princípios.

Nos dias de hoje, estes termos parecem antiquados e ultrapassados, perante as novas receitas do sucesso, frutos da modernidade, porém, todos terão que passar pela fase de sacrifícios e de provação. Nestes momentos a honra e a integridade moral é testada, e mesmo que opções mais “fáceis” e aparentemente mais “vantajosas” apareçam, o caminho deve se manter inabalável, a exemplo do Rei da Porcelana.

Crie um compromisso real consigo mesmo e seja leal a ele, o tempo todo. Com certeza, assim você tornar-se-á um ser humano melhor e o seu condomínio poderá se transformar em um lugar melhor também!

Taiso Cunha de Quadros – Advogado, graduado em Direito, pós-graduado em Sustentabilidade, pós-graduando em Compliance e Gestão de Riscos e Especializações nas áreas de Direitos Humanos e Formação de Lideranças Comunitárias.

  • Gostou do conteúdo? Indique a um amigo!
SELECT i.*, CASE WHEN i.modified = 0 THEN i.created ELSE i.modified END as lastChanged, c.name AS categoryname,c.id AS categoryid, c.alias AS categoryalias, c.params AS categoryparams, u.userName AS nomeColunista , u.image AS imgColunista , u.userID AS idColunista FROM #__k2_items as i RIGHT JOIN #__k2_categories c ON c.id = i.catid LEFT JOIN #__k2_users u ON u.userID = i.created_by WHERE i.published = 1 AND i.access IN(1,1,5) AND i.trash = 0 AND c.published = 1 AND c.trash = 0 AND ( i.publish_up = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_up <= '2022-07-03 21:21:34' ) AND ( i.publish_down = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_down >= '2022-07-03 21:21:34' ) AND i.catid=17 AND i.catid IN(17) OR i.id IN (SELECT itemID FROM #__k2_additional_categories WHERE catid IN(17 ) )  ORDER BY i.id DESC LIMIT 0 , 1
Acesse sua Administradora