Como é o trabalho dos síndicos de condomínios logísticos?

Daniela Cunha, síndica de condomínios logísticos: assembleias, convenção e regimento como nos condomínios residenciais Daniela Cunha, síndica de condomínios logísticos: assembleias, convenção e regimento como nos condomínios residenciais

Profissionais relatam reforço na segurança e mais tranquilidade do que em prédios residenciais

Há quem desconheça esse nicho de mercado, porém o trabalho do síndico em um condomínio industrial tem semelhança com o do residencial, mas com uma diferença significativa: ganha-se melhor. Há uma carga de cobrança menor do que em relação a um prédio cheio de famílias, mas uma atenção muito maior em outra área: a segurança.

Os condomínios industriais, também chamados de logísticos, são verdadeiros complexos de galpões que abrigam empresas que trabalham no manuseio e distribuição de cargas, muitas delas com alto valor comercial. Possuem grandes estacionamentos e docas, assim como escritórios e áreas de lazer também para os funcionários. Alguns condomínios chegam a ter dezenas de galpões, que são locados por empresas de diversos setores. Esse tipo de condomínio é instalado em locais estratégicos, geralmente próximos a rodovias e no entorno de grandes centros urbanos.

Assim como nos condomínios residenciais, os síndicos são escolhidos em assembleias. É o que explica Daniela Cunha, síndica profissional que atua em condomínios logísticos na Grande Florianópolis.

"Fazemos assembleias anualmente, tem convenção e dependendo dela a eleição é anual ou por dois anos, como qualquer outro tipo de condomínio. Temos regimentos, outros documentos internos, códigos de ética, normas internas voltadas para cada área, além do regimento geral. As despesas são as mesmas de um condomínio residencial, mas se divide por menos unidades. Dependendo do condomínio logístico ele tem cinco, 10 galpões, por isso a taxa fica mais alta por ter um número menor de imóveis", conta.

Segurança

Preocupação também nas áreas residenciais, a segurança precisa ser redobrada nos condomínios logísticos. Apesar disso, numa comparação entre o trabalho do síndico em um conjunto de prédios e uma área industrial com galpões, o trabalho é maior na área residencial, mas há responsabilidades iguais. Quem fala isso é Vânia Reis, especialista na área de serviços condominiais e coordenadora pedagógica da Academia Nacional do Síndico.

"É muito menos trabalhoso que um condomínio residencial, mas você tem muita responsabilidade em cima de segurança para não haver assalto, que é terrível. Cada galpão é responsável pela guarda dos seus produtos, mas se ficar provado que a gestão foi omissa isso também é repartido para os donos dos galpões, e a responsabilidade incide no síndico também", explica.

Trabalho do síndico no dia a dia

O síndico de condomínios logísticos precisa estar presente para acompanhar a movimentação dos funcionários. Segundo Daniela Cunha, algumas rotinas são necessárias para se estabelecer um ambiente tranquilo para o profissional e também para os colaboradores da empresa que trabalham no galpão.

"Eu tenho que passar todos os dias, acompanhar a rotina do zelador, da portaria, tem que ter um cuidado maior com a segurança. Os locatários geralmente são empresas que mexem com materiais caros, então o cuidado tem que ser excessivo com a segurança do imóvel porque eles são mais visados. O controle de acesso tem que ser bem rigoroso também. É um tipo de condomínio que não para, não tem hora. Não é igual ao residencial em que a maioria está dormindo, ou no comercial que durante a noite fecha", aponta Daniela.

Na visão de Vânia Reis, o trabalho do síndico possui menos interferências no condomínio logístico do que no residencial. No entanto, dependendo da empresa que aluga o espaço, o profissional tem outras atribuições que são fundamentais para o funcionamento da unidade.

"O relacionamento entre o síndico e o usuário é muito mais direto. Muitas vezes você tem 3 mil pessoas trabalhando num galpão desses e você tem que dar lazer e fazer o restaurante funcionar de maneira impecável. Uma das funções do síndico é falar com a empresa que vai comandar o restaurante, fazer cotação para saber qual empresa vai suportar o atendimento", relata.

Salário do síndico

Um dos fatores que tem levado muitos síndicos a buscarem espaço nos condomínios industriais é o salário. De acordo com Vânia Reis, recebe-se muito mais do que nos condomínios residenciais.

"Você ganha muito mais em condomínio de galpão logístico e condomínio comercial. O síndico profissional de residencial é muito mais complexo e ganha muito menos. As responsabilidades são as mesmas, tanto que o síndico responde civil e criminalmente se for apurada falha dele em algum problema".

Já Daniela Cunha aponta que a área dos galpões logísticos se tornou um nicho de mercado também pela diferença no tratamento em relação aos residenciais.

"Os condomínios logísticos são um novo nicho de mercado. Normalmente possuem um proprietário só ou grupo de empresários, além de uma forma diferente de ser gerido. É como se fosse a gestão dos inquilinos. A manutenção é a mesma, mas você estará administrando várias empresas dentro de um mesmo espaço", explica. 

Serviços

Encontre e cote serviços de Administradoras de condomínios

Encontre e cote serviços de Síndicos profissionais

  • Gostou do conteúdo? Indique a um amigo!
SELECT i.*, CASE WHEN i.modified = 0 THEN i.created ELSE i.modified END as lastChanged, c.name AS categoryname,c.id AS categoryid, c.alias AS categoryalias, c.params AS categoryparams, u.userName AS nomeColunista , u.image AS imgColunista , u.userID AS idColunista FROM #__k2_items as i RIGHT JOIN #__k2_categories c ON c.id = i.catid LEFT JOIN #__k2_users u ON u.userID = i.created_by WHERE i.published = 1 AND i.access IN(1,1,5) AND i.trash = 0 AND c.published = 1 AND c.trash = 0 AND ( i.publish_up = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_up <= '2021-10-26 12:37:24' ) AND ( i.publish_down = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_down >= '2021-10-26 12:37:24' ) AND i.catid=17 AND i.catid IN(17) OR i.id IN (SELECT itemID FROM #__k2_additional_categories WHERE catid IN(17 ) )  ORDER BY i.id DESC LIMIT 0 , 1
Acesse sua Administradora