Internet nos espaços compartilhados do condomínio pode melhorar qualidade de vida dos moradores

Crédito: Unsplash Crédito: Unsplash

Hoje em dia, com o avanço das atividades remotas, qualquer ambiente que possua internet pode se tornar um escritório, uma mesa de reuniões ou uma sala de aula.

Isso amplia as oportunidades para utilização e aproveitamento das áreas comuns de um condomínio, trazendo novas perspectivas para os administradores que buscam valorizar o imóvel através da qualidade de vida e do bem-estar dos moradores.

O momento que estamos vivendo é de muito estresse. Passar o dia inteiro dentro de casa estudando ou trabalhando pode piorar bastante a situação. Uma simples mudança de ambiente já pode amenizar as consequências negativas trazidas pelas atividades remotas. Por isso, oferecer rede Wi-Fi nos espaços compartilhados pode ser uma atitude muito bem vista por todos os condôminos.

O gasto para o condomínio não será alto. Caso haja um consenso entre os moradores, é possível até mesmo transformar os ambientes compartilhados e adequá-los para a nova realidade, com mesas de escritório para que todos possam realizar as atividades fora de casa, mas ainda na segurança do próprio prédio.

O conceito de coworking (local onde pessoas de diferentes áreas se reúnem para trabalhar de modo independente) aplicado aos condomínios já é uma grande tendência e deve ser uma das principais transformações do período pós-pandêmico nos lares brasileiros.

O impacto visual de oferecer internet nos espaços compartilhados também será mínimo. Atualmente, existem vários modelos de roteador sem fio que se conectam a vários dispositivos e até replicam o sinal Wi-Fi, intensificando a conexão. Isso ainda livra o espaço dos transtornos com cabeamento. São várias melhorias para uma diferença bem pequena no valor final pago pelos moradores.

A internet nos espaços compartilhados vai muito além da melhora no bem-estar dos condôminos. Em breve, todos teremos que nos adaptar à utilização da Internet das Coisas (IoT) no condomínio, o que tornará a rede Wi-Fi um item obrigatório.

A IoT serve para conexão entre dispositivos que não são comumente conectados à internet, o que permite a automação de vários processos dentro de um prédio, seguindo o modelo das casas inteligentes.

Entre os dispositivos que podem se conectar para aumentar a segurança do imóvel e facilitar a vida dos moradores, estão os elevadores, o sistema de tubulação e as formas de acesso do prédio. Com tudo isso se transformando em smart, várias informações serão geradas e poderão ser usadas para baratear e agilizar os processos necessários para a administração do condomínio.

Então, se o seu empreendimento ainda não conta com internet nos espaços comuns, este é o momento ideal para se atualizar e oferecer essa facilidade. Caso contrário, o seu condomínio poderá ficar para trás dos concorrentes em vários quesitos importantíssimos para as novas maneiras de morar que emergem atualmente.

  • Gostou do conteúdo? Indique a um amigo!
SELECT i.*, CASE WHEN i.modified = 0 THEN i.created ELSE i.modified END as lastChanged, c.name AS categoryname,c.id AS categoryid, c.alias AS categoryalias, c.params AS categoryparams, u.userName AS nomeColunista , u.image AS imgColunista , u.userID AS idColunista FROM #__k2_items as i RIGHT JOIN #__k2_categories c ON c.id = i.catid LEFT JOIN #__k2_users u ON u.userID = i.created_by WHERE i.published = 1 AND i.access IN(1,1,5) AND i.trash = 0 AND c.published = 1 AND c.trash = 0 AND ( i.publish_up = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_up <= '2021-07-31 03:32:39' ) AND ( i.publish_down = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_down >= '2021-07-31 03:32:39' ) AND i.catid=17 AND i.catid IN(17) OR i.id IN (SELECT itemID FROM #__k2_additional_categories WHERE catid IN(17 ) )  ORDER BY i.id DESC LIMIT 0 , 1
Acesse sua Administradora