ANEEL anuncia aumento na tarifa de energia elétrica

O efeito médio do reajuste nos condomínios será de 22,62%
ANEEL anuncia aumento na tarifa de energia elétrica

 

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) anunciou recentemente os índices de reajuste das tarifas de fornecimento de energia elétrica para cada classe de consumidores atendidos pela Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina). Para os consumidores residenciais, atendidos em baixa tensão, o efeito médio do reajuste será de 22,62% e os condomínios se preparam para que os novos valores não afetem suas finanças. Síndico do Residencial Villes de France, Jandir Ambrosi relata que no condomínio, que tem 176 apartamentos, os gastos com consumo de energia das áreas comuns representam 3% do orçamento. Segundo Ambrosi, com o novo aumento previsto, o valor mensal deverá ter um acréscimo em torno de R$ 700 reais. “Algumas atitudes já foram tomadas, como a instalação de sensores de presença e racionalização do uso da quadra de esportes no período noturno. Também substituímos as lâmpadas incandescentes por econômicas e outras ações para adequar o orçamento estão a caminho, porém, é necessário primeiramente um debate com o Conselho”, explica o síndico. 

Sem desperdícios

Nos Edifícios João Paulo I e II, em Florianópolis, são consumidos em média 1.900 Kwh por mês, cerca de 63 Kwh por dia. De acordo com o síndico Everson Mosquini, em valores reais isso significa um gasto de R$ 900 reais mensais, e que, considerando o número de apartamentos, constitui um desembolso de cerca de R$ 23,50 por família. “Os gastos com energia representam 5,5% da receita ordinária do condomínio e orientamos os moradores para utilizar a energia de forma consciente, sem desperdícios” diz o síndico.

Para manter o consumo equilibrado, Everson explica que algumas ações pontuais ajudam a conscientizar os moradores, como a comunicação interna que é promovida através do JPNews, jornal eletrônico mantido pelo edifício e que circula entre os moradores. “O tema é abordado de forma bem natural, sem imposição, pois as pessoas precisam ter consciência do seu papel e não da obrigação por terem sido cobradas ou por possíveis punições”, explica.

Também são incentivadas algumas práticas que ajudam na economia, como evitar lâmpadas acesas durante o dia e optar pela luz natural e manter as luzes sempre apagadas em ambientes desocupados. Além disso, 100% das lâmpadas são de modelos econômicos, que consomem menos e duram mais, gerando outras economias. Nas áreas comuns do condomínio foram instalados fotocélulas e sensores de presença e eliminados refrigeradores antigos, que consumiam muito. Outro cuidado adotado recentemente foi a pintura das paredes com cores claras para facilitar a propagação de luz natural. De acordo com Everson, com a implantação dessas mudanças e a conscientização dos moradores, chegou a ser registrado um consumo cerca de 20% menor. “Apesar dos resultados positivos, ainda existem moradores que não colaboram e ficam alheios às orientações, mas estamos no caminho certo”, diz o síndico.

Dicas

Na avaliação do engenheiro Gerson Sampaio Filho, para que as finanças dos condomínios não sejam afetadas pelo reajuste na tarifa de energia, a recomendação é economizar partindo de alguns procedimentos, como: verificar se o medidor de energia não está descalibrado, conferir a conta de energia, pois muitas estão com tarifas e impostos superiores aos definidos em lei. Além disso, é possível medir as perdas e fugas nas instalações e medir o consumo das principais máquinas com registradores digitais. “A partir destas análises com equipamentos especializados, será possível fazer um diagnóstico técnico concreto”, explica. Conforme Sampaio, o trabalho que deve ser feito por engenheiro e com medidores de alta tecnologia. “É possível reduzir as despesas em até 35%”, diz.

  • Gostou do conteúdo? Indique a um amigo!
SELECT i.*, CASE WHEN i.modified = 0 THEN i.created ELSE i.modified END as lastChanged, c.name AS categoryname,c.id AS categoryid, c.alias AS categoryalias, c.params AS categoryparams, u.userName AS nomeColunista , u.image AS imgColunista , u.userID AS idColunista FROM #__k2_items as i RIGHT JOIN #__k2_categories c ON c.id = i.catid LEFT JOIN #__k2_users u ON u.userID = i.created_by WHERE i.published = 1 AND i.access IN(1,1,5) AND i.trash = 0 AND c.published = 1 AND c.trash = 0 AND ( i.publish_up = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_up <= '2022-01-20 08:28:32' ) AND ( i.publish_down = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_down >= '2022-01-20 08:28:32' ) AND i.catid=17 AND i.catid IN(17) OR i.id IN (SELECT itemID FROM #__k2_additional_categories WHERE catid IN(17 ) )  ORDER BY i.id DESC LIMIT 0 , 1
Acesse sua Administradora