Despesa sem autorização da assembleia pode complicar vida do síndico

Contas reprovadas sem aprovação podem acarretar em reembolso ao condomínio
  • 12/Novembro/2013 - Redação CondominioSC
Despesa sem autorização da assembleia pode complicar vida do síndico

 

Ao administrar um edifício, o síndico lida com o patrimônio e com o dinheiro de todos os condôminos e, apesar de ter autonomia para realizar algumas ações que geram gastos, na maioria dos casos precisa de aprovação em assembleia. O limite entre o que pode ser realizado sem autorização e o que não deve ser feito sem o aval dos condôminos causa muitas dúvidas, porém o gestor condominial deve estar bem informado e  alerta, pois ao “gerar despesas não previstas, pode ter suas contas reprovadas e ter que reembolsar o valor ao condomínio”, diz o advogado de Balneário Camboriú, Rafael Henrique Laus. Segundo ele, isso pode ser um motivo para os moradores requisitarem a destituição do síndico.

A priori, todas as despesas devem constar na previsão orçamentária, que deve ser aprovada na assembleia ordinária, se houver necessidade, não prevista, é preciso realizar uma assembleia extraordinária. No caso da realização de reformas e modernizações, o artigo 1.341 do Código Civil determina que as obras voluptuárias precisam da aprovação de dois terços dos condôminos e as chamadas úteis, da aprovação da maioria. Porém, no caso de obras urgentes, o síndico tem autonomia para ordenar o conserto. Além disso, o advogado descreve que a Convenção pode estipular um limite para gastos sem autorização, a fim de facilitar a administração.

Se ocorrer o aumento no valor de obras que estão em andamento, o síndico também precisa consultar a Assembleia. Laus lembra que em caso das já aprovadas, é corriqueiro os condôminos aprovarem um percentual de variação, prevendo possíveis aumentos. A mesma faixa de tolerância acima do valor estipulado pode ser abonada às taxas condominiais. Outra despesa que gera muitas dúvidas é sobre a contratação de advogado, que é da competência do síndico, conforme prevê o artigo 1.348 do Código Civil, mas “os gastos provenientes precisam de autorização”, observa Laus.

  • Gostou do conteúdo? Indique a um amigo!
Enquete

Para conter a pandemia do Covid-19 quais medidas estão sendo mais difíceis de serem adotadas no condomínio?

SELECT i.*, CASE WHEN i.modified = 0 THEN i.created ELSE i.modified END as lastChanged, c.name AS categoryname,c.id AS categoryid, c.alias AS categoryalias, c.params AS categoryparams, u.userName AS nomeColunista , u.image AS imgColunista , u.userID AS idColunista FROM #__k2_items as i RIGHT JOIN #__k2_categories c ON c.id = i.catid LEFT JOIN #__k2_users u ON u.userID = i.created_by WHERE i.published = 1 AND i.access IN(1,1,5) AND i.trash = 0 AND c.published = 1 AND c.trash = 0 AND ( i.publish_up = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_up <= '2020-08-03 23:04:52' ) AND ( i.publish_down = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_down >= '2020-08-03 23:04:52' ) AND i.catid=17 AND i.catid IN(17) OR i.id IN (SELECT itemID FROM #__k2_additional_categories WHERE catid IN(17 ) )  ORDER BY i.id DESC LIMIT 0 , 1
Acesse sua Administradora