Por que escolher morar em condomínio?

Por que escolher morar em condomínio?

Conheça as vantagens e os benefícios de optar por morar em apartamentos

Escolher o melhor local onde morar não é das situações mais simples, já que é preciso avaliar o custo-benefício, a localização, a segurança e outros fatores. Mas por que morar em condomínio? As vantagens são muitas para quem opta por morar nesse tipo de imóvel. Aliás, hoje a comodidade é cada vez maior e o bem-estar é uma das prioridades para quem mora em apartamentos.

As vantagens de morar nesses espaços são muitas, principalmente se levarmos em consideração a busca por uma melhor qualidade de vida. Alguns pontos importantes que pesam na hora de escolher um apartamento são: segurança, localização, comodidade, fácil manutenção, convívio social, privacidade, investimento imobiliário, estruturas de lazer e muito mais.

Na hora de colocar na balança qual moradia vale mais a pena, a questão interpessoal também tem que ser considerada. Márcio Rachkorsky, advogado especialista em condomínios, comentarista da Rádio CBN e do programa de TV SP1 (afiliada à Globo SP) faz uma comparação entre quem decide morar em um prédio ou escolhe uma casa e exemplifica a questão com situações cotidianas. Para ele, morar em comunidade é um desafio tanto para quem mora em condomínio quanto para quem opta por uma casa. A diferença para melhor é que no condomínio você tem a quem recorrer.

Marcio
Márcio Rachkorsky, advogado especialista em condomínios

“Quando você tem algum vizinho fazendo barulho excessivo, alguém descumprindo regra, você pode acionar o síndico, o zelador, a administradora e até o jurídico, mas quando você mora em casa é você direto com o vizinho, sem ninguém para mediar. Se ele for um cara ruim de conversa, você tem que chamar a polícia, então tem vantagem em morar em condomínio. Razoabilidade, bom senso e tolerância são termos que funcionam bem em condomínio, mas quando a gente mora em casa não tem quem possa ajudar. A questão da segurança nos condomínios também funciona bem”, explica.

Para a advogada Danielle Honório Gazapina, que mora com o marido e o filho no empreendimento Up Life, em Florianópolis, a escolha se deu por questões de convivência e para ajudar na formação do pequeno Bernardo: "A principal vantagem do condomínio é oportunizar para o meu filho o que eu tinha quando era criança: espaço para brincar, correr e ter os amiguinhos. Sei que aqui é uma área cercada, vigiada e ele já tem idade para descer e jogar bola, brincar no parquinho e passear com o cachorro", conta.

Familia
O casal Danielle e Marcelo Gazapina são moradores do Condomínio Up Life, em Florianópolis

A praticidade de morar em condomínio também é um fator positivo. Seja pela localização ou até na busca por uma opção de investimento, os condomínios trazem segurança para quem compra ou aluga. Gabriela Paula Santos, diretora de comunicação do Sinduscon e CEO da Formacco Empreendimentos, explica: "Hoje em dia, as pessoas estão mais conectadas, querem morar perto do trabalho e são mais práticas. Buscam comodidades e não se importam se tiverem de compartilhá-las. Também a segurança pessoal e patrimonial é um fator-chave para a escolha de morar em condomínio, além de ser bem mais econômico, visto que as despesas são divididas. Em um condomínio a pessoa conta com uma gestão profissional, o que não só poupa seu tempo, como também promove a blindagem patrimonial, evitando a deterioração e a desvalorização".

Facilidades de morar em apartamento

Morar em condomínio traz mais facilidades também para quem adquire ou loca um imóvel. Os serviços oferecidos são um diferencial no custo-benefício, já que é possível não se preocupar com os horários de coleta de lixo, por exemplo, já que há profissionais destacados para realizar a manutenção. Nos serviços de zeladoria o morador consegue receber encomendas sem a necessidade de estar em casa. A segurança patrimonial, cada vez mais amparada pela tecnologia, tem um custo menor na comparação entre quem mora em um apartamento e uma casa, já que o valor é rateado entre moradores e na residência o custo individual é maior.

Entre as comodidades para o bem-estar, muitos condomínios oferecem opções como piscinas, academias, saunas, áreas de lazer, quadras esportivas e até mesmo espaços de convivência. Ou seja, não é necessário se deslocar para distâncias maiores para ter acesso a opções de entretenimento e saúde. Além disso, os condomínios proporcionam um ambiente de maior interação social entre os moradores, algo benéfico principalmente para quem tem criança.

"Meu filho consegue fazer amizades e ter os amigos do condomínio com a segurança de estar monitorado. Hoje em dia a gente sabe que não é qualquer lugar que você pode deixar o seu filho para brincar, já que tem trânsito e não se conhece todos os vizinhos. É um ambiente muito mais controlado dentro do condomínio", relata Gazapina.

Marcelo
Marcelo Brognoli, empresário do setor imobiliário

Ter a possibilidade de aliar moradia com opções de lazer sem praticamente sair de casa é um diferencial na escolha por um condomínio. Churrasqueira, salão de festa, espaço gourmet, cinema e quadras esportivas são algumas das opções que ajudam na escolha.

Para o empresário Marcelo Brognoli, diretor da Brognoli Negócios Imobiliários, as facilidades ajudam muito na hora de decidir onde residir: "Sem dúvida nenhuma a praticidade da vida em um condomínio é sempre um importante argumento. A segurança é outro fator de grande atratividade, pois é uma questão de preocupação nas cidades e que fica amenizada numa moradia condominial", comenta.

Investimento seguro

Comprar um apartamento ou alugar é uma opção que traz segurança ao proprietário e ao inquilino. Imóveis em condomínios têm uma valorização mais estável ao longo do tempo, devido às comodidades e à gestão compartilhada, o que pode ser vantajoso para quem vê a propriedade como um investimento. Segundo Brognoli, a locação é um bom negócio para ambas as partes, principalmente quando se leva em consideração as finanças do momento.

"Alugar é sempre a melhor escolha quando não se pode comprar, seja pela alta valorização dos apartamentos, de maneira geral, e também para uma experiência de conhecimento do bairro escolhido antes de optar pela compra definitiva. Vale também para quem não quer ou não pode comprometer-se com um financiamento de longo prazo".

Imóvel é um bem que se valoriza se bem cuidado, por isso a taxa condominial conta a favor nesse processo. O valor pago mensalmente ajuda na manutenção adequada e contribui para uma gestão eficiente do condomínio, fatores que favorecem a valorização dos apartamentos. Um condomínio bem cuidado e bem administrado tende a atrair compradores e inquilinos interessados, o que pode beneficiar os proprietários a médio e longo prazos.

Marido de Danielle, o técnico de TI Marcelo Gazapina aponta que, mesmo morando de aluguel, tem vantagem ao morar em condomínio. As áreas de convivência e a praticidade de poder escolher a região para morar conforme a demanda da família são importantes:

"Nossa estrutura familiar cabe perfeitamente no que o condomínio nos proporciona, gostamos muito de reunir os amigos para um churrasco e a comodidade de ter uma área ampla para recebê-los nos atende muito bem. Além disso, todas as atividades do nosso filho ficam próximas e auxiliam demais na logística. Se mais pra frente o trabalho demandar uma mudança, com certeza vamos optar por um condomínio", relata.

Mercado imobiliário em alta

O mercado condominial está em alta e gera empregos em diversas áreas, a construção civil é uma delas. A busca por novos apartamentos e condomínios que ofereçam cada vez mais qualidade de vida aos moradores ajuda na busca por novas ideias e opções para quem decide comprar ou alugar. O mercado de conveniências dentro dos condomínios é um exemplo de como se pode ter tudo no local onde se mora.

O crescimento contínuo do mercado imobiliário é um sinal da segurança para quem mora e investe em apartamentos. Para confirmar essa alta, segundo estudo feito pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) e pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), a venda de imóveis teve um crescimento de 9,2% em 2023 em comparação com o ano anterior. De acordo com Gabriela, as opções de moradia e a oportunidade de comprar o primeiro imóvel e vê-lo valorizar atraem novos moradores e movimentam a economia.

Gabriela
Gabriela Paula Santos, diretora de comunicação do Sinduscon

"O mercado imobiliário sempre foi e continua sendo um dos grandes movimentadores da economia. Não só por ser um investimento seguro em tempos de incerteza política e econômica, como também pelo déficit habitacional nunca resolvido no país. Além disso, sempre novas famílias se formam, outras reduzem e, culturalmente, ter a casa própria sempre foi e continua sendo o sonho da maioria das pessoas. Sem contar que o mercado imobiliário está em tudo: no turismo, comércio, lazer, tudo à nossa volta está ligado à construção civil e à compra, venda e locação de imóveis", explica.

Ter a opção de morar em condomínio fica mais fácil a cada ano, já que os números de crescimento do mercado mostram isso. Por sinal, o setor é responsável por empregar milhões de pessoas. Síndicos, zeladores, prestadores de serviço de limpeza e manutenção, engenheiros e tantas outras profissões fazem parte do cotidiano condominial, como reforça a diretora de comunicação do Sinduscon.

"A construção civil é um grande motor da economia brasileira, gerando postos de trabalho em vários níveis. Em junho de 2023, pelo sexto ano consecutivo, o saldo de novas vagas foi positivo - ou seja, as admissões superaram as demissões. Esse saldo positivo se mantém desde 2020. Em 2023, o número de trabalhadores com carteira assinada na construção civil cresceu 7% em relação ao mesmo período de 2022", acrescenta.

Serviços

Encontre e cote serviços de Playgrounds

Encontre e cote serviços de Academia, equipamentos e manutenções

Encontre e cote serviços de Paisagismo e Jardinagem

Encontre e cote serviços de Supermercado no condomínio

Encontre e cote serviços de Vigilância Patrimonial

  • Gostou do conteúdo? Indique a um amigo!
SELECT i.*, CASE WHEN i.modified = 0 THEN i.created ELSE i.modified END as lastChanged, c.name AS categoryname,c.id AS categoryid, c.alias AS categoryalias, c.params AS categoryparams, u.userName AS nomeColunista , u.image AS imgColunista , u.userID AS idColunista FROM #__k2_items as i RIGHT JOIN #__k2_categories c ON c.id = i.catid LEFT JOIN #__k2_users u ON u.userID = i.created_by WHERE i.published = 1 AND i.access IN(1,1,5) AND i.trash = 0 AND c.published = 1 AND c.trash = 0 AND ( i.publish_up = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_up <= '2024-04-14 00:53:47' ) AND ( i.publish_down = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_down >= '2024-04-14 00:53:47' ) AND i.catid=17 AND i.catid IN(17) OR i.id IN (SELECT itemID FROM #__k2_additional_categories WHERE catid IN(17 ) )  ORDER BY i.id DESC LIMIT 0 , 1
Acesse sua Administradora