Como lidar com a violência contra mulheres dentro do condomínio?

Números apontam queda nos casos de violência doméstica contra mulheres, mas Fórum Brasileiro de Segurança acredita que isso represente a dificuldade de fazer a denúncia em tempos de isolamento social / Autor: Karolina Grabowska / Fonte: Pexels Números apontam queda nos casos de violência doméstica contra mulheres, mas Fórum Brasileiro de Segurança acredita que isso represente a dificuldade de fazer a denúncia em tempos de isolamento social / Autor: Karolina Grabowska / Fonte: Pexels

Você já escutou as brigas dos seus vizinhos? Já presenciou algum caso de desrespeito ou até mesmo agressão física ou verbal contra mulheres nas dependências do condomínio? Esse é um assunto sério, que precisa de informação, discussão e participação dos moradores para pôr fim ao sofrimento da vítima, especialmente dentro do condomínio.

Aquele ditado popular de que em “briga de marido e mulher ninguém mete a colher” desencoraja atitudes que podem salvar vidas. Acontece que a cada hora cinco mulheres sofrem algum tipo de violência em Santa Catarina. Enquanto cidadãos, todos temos responsabilidades perante essas situações que colocam em risco a vida delas, e em caso de omissão de socorro podemos responder criminalmente.

Embora os dados apontem uma queda nos casos de violência em comparação ao ano passado, a conclusão do Fórum Brasileiro de Segurança é que as vítimas estão com mais dificuldade de denunciar por passarem 24 horas com o agressor, devido ao isolamento social.

Em entrevista ao CondomínioSC, Patricia Vieira, jornalista do UniversoDelas, site especializado no bem-estar feminino, lembra de uma campanha nacional que está acontencendo para ajudar as mulheres e salvar vidas. “É nosso dever divulgar boas iniciativas. Mulheres estão sendo orientadas a buscar farmácias com um X vermelho desenhado na palma da mão como um pedido de socorro, mas é importante tomar consciência disso, pois muitas não conseguem ir até esse local pedir ajuda. Nesse sentido, vizinhos devem conhecer essa campanha e ficar atentos a todos os sinais que podem vir de uma passagem pelo corredor, escadas ou elevador para levar o lixo até a lixeira”, ressalta.

Como todos podem ajudar em casos de violência dentro do condomínio?

Está na lei que é obrigação dos síndicos e moradores fazerem as denúncias. O Projeto de Lei 2510/2020, aprovado pelo Senado e encaminhado à Câmara dos Deputados, afirma que eles devem avisar as autoridades competentes. O texto não protege apenas mulheres, mas também crianças, adolescentes, idosos e pessoas com deficiência física ou mental.

Como líder do condomínio, o síndico tem o dever moral de contribuir para a preservação da integridade física dos moradores. Portanto, em caso de suspeita é seu dever fazer a denúncia para as autoridades. Se tiver dúvidas de onde vem o barulho, é prudente que o síndico se direcione para frente da porta tentando identificar o apartamento correto.

Nesse caso, o barulho é o principal identificador da agressão. Vizinhos podem comunicar o síndico e em casos de emergência ligar imediatamente para o 190 e fazer a denúncia de forma sigilosa para a Polícia Militar. Também é possível comunicar a Polícia Civil pelo site ou através do 181 e denunciar para o Governo Federal discando 180.

 

  • Gostou do conteúdo? Indique a um amigo!
Enquete

Para conter a pandemia do Covid-19 quais medidas estão sendo mais difíceis de serem adotadas no condomínio?

Controlar obras em unidades - 12.9%
Utilização de máscara por moradores - 26.4%
Informar condômino infectado - 7.9%
Aplicar as normas de silêncio - 15%
Controlar o uso de áreas comuns - 14.3%
Realização de assembleias - 20.7%
Locação de temporada - 2.9%
SELECT i.*, CASE WHEN i.modified = 0 THEN i.created ELSE i.modified END as lastChanged, c.name AS categoryname,c.id AS categoryid, c.alias AS categoryalias, c.params AS categoryparams, u.userName AS nomeColunista , u.image AS imgColunista , u.userID AS idColunista FROM #__k2_items as i RIGHT JOIN #__k2_categories c ON c.id = i.catid LEFT JOIN #__k2_users u ON u.userID = i.created_by WHERE i.published = 1 AND i.access IN(1,1,5) AND i.trash = 0 AND c.published = 1 AND c.trash = 0 AND ( i.publish_up = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_up <= '2020-10-25 01:19:32' ) AND ( i.publish_down = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_down >= '2020-10-25 01:19:32' ) AND i.catid=17 AND i.catid IN(17) OR i.id IN (SELECT itemID FROM #__k2_additional_categories WHERE catid IN(17 ) )  ORDER BY i.id DESC LIMIT 0 , 1
Acesse sua Administradora