Minimercado autônomo dentro de condomínios é o “novo normal”

Minimercado autônomo dentro de condomínios é o “novo normal”

 

A pandemia mudou hábitos. Antigos comportamentos foram substituídos por novas rotinas e até na forma de comprar. É dentro deste contexto que cresce o market4u, maior rede de mercados autônomos e inteligentes do Brasil.

“A proposta do minimercado é oferecer aos moradores produtos essenciais do dia a dia por meio de uma experiência de compra segura, cômoda e com preço competitivo, dentro do condomínio”, explica Eduardo Córdova, CEO do market4u.

Para comprar basta baixar o aplicativo, escanear os produtos e levá-los para casa. O morador efetua o pagamento, sem necessidade de atendente. A segurança é feita por câmeras de reconhecimento facial, além de um sistema de travas nas geladeiras com bebidas alcoólicas, para que só sejam abertas por maiores de idade.

A instalação do mercado é por conta do market4u, sem necessidade de obras ou custo para o condomínio. Uma equipe técnica escolhe, junto com o síndico, o local mais adequado e envia o projeto personalizado. Tudo de acordo, a instalação é realizada rapidamente e todo abastecimento, reposição e limpeza são realizados pelo market4u, que ainda repassa 3% de todas as vendas para o condomínio.

Tecnologia

Segundo Córdova, através do reconhecimento facial, o market4u detecta sempre que um cliente chega para comprar em qualquer um dos pontos de venda no Brasil, mapeando jornada e experiência de compra. O sistema reconhece automaticamente o deslocamento de objetos, possibilitando que a empresa personalize o mix de produtos de acordo com o perfil de compra dos moradores do condomínio.

Expansão

O modelo está sendo tão bem aceito pelos condomínios que, em apenas 6 meses, a empresa opera mais de 100 unidades e possui mais de 300 unidades em processo de instalação em 20 estados brasileiros. “Estamos com foco de expansão em Santa Catarina. De imediato, já conseguimos atender Florianópolis, Joinville, Itajai, Balneário Camboriú e outras cidades da região”, detalha Córdova.

arte site05

  • Gostou do conteúdo? Indique a um amigo!
Enquete

Para conter a pandemia do Covid-19 quais medidas estão sendo mais difíceis de serem adotadas no condomínio?

Controlar obras em unidades - 12.9%
Utilização de máscara por moradores - 26.4%
Informar condômino infectado - 7.9%
Aplicar as normas de silêncio - 15%
Controlar o uso de áreas comuns - 14.3%
Realização de assembleias - 20.7%
Locação de temporada - 2.9%
SELECT i.*, CASE WHEN i.modified = 0 THEN i.created ELSE i.modified END as lastChanged, c.name AS categoryname,c.id AS categoryid, c.alias AS categoryalias, c.params AS categoryparams, u.userName AS nomeColunista , u.image AS imgColunista , u.userID AS idColunista FROM #__k2_items as i RIGHT JOIN #__k2_categories c ON c.id = i.catid LEFT JOIN #__k2_users u ON u.userID = i.created_by WHERE i.published = 1 AND i.access IN(1,1,5) AND i.trash = 0 AND c.published = 1 AND c.trash = 0 AND ( i.publish_up = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_up <= '2020-09-25 11:41:30' ) AND ( i.publish_down = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_down >= '2020-09-25 11:41:30' ) AND i.catid=17 AND i.catid IN(17) OR i.id IN (SELECT itemID FROM #__k2_additional_categories WHERE catid IN(17 ) )  ORDER BY i.id DESC LIMIT 0 , 1
Acesse sua Administradora