No mercadinho no condomínio estamos tendo de lidar com um assunto desagradável que são os furtos. O condomínio tem responsabilidade neste controle?

Enviado por : Marcos Barros, Florianópolis

Pergunta: Temos um mercadinho no condomínio, muito bacana a comodidade e praticidade. Porém temos que lidar com uns assuntos desagradáveis, que são os furtos. O condomínio tem responsabilidade neste controle? Podemos fazer algo para inibir essas ações? Marcos Barros, Florianópolis

Resposta: A instalação de lojas de conveniência em condomínios tem se tornado cada vez mais comum, trazendo praticidade e conforto aos condôminos. Apesar disso, dados do setor apontam que as perdas desses estabelecimentos com furtos chega a ser o dobro daqueles que estão em via pública.

A empresa que disponibiliza a loja de conveniência é responsável não apenas pela montagem da estrutura, como também do seu sistema de segurança, buscando assim reduzir seus prejuízos. As várias câmeras do sistema de segurança permitem que a empresa identifique moradores que tentem sair sem pagar pelas mercadorias e tome as medidas necessárias.

É importante destacar que a instalação da loja visa o lucro, e o risco do negócio é exclusivamente da empresa, não sendo compartilhado com o condomínio.

Logo, em princípio, o condomínio não tem responsabilidade sobre os furtos ocorridos nessas lojas de conveniência, que se encontram dentro da previsibilidade e do risco do negócio, e podem ser mitigados pela empresa com a adoção de sistemas de segurança. Contudo, o condomínio pode responder pelos prejuízos que a empresa sofrer caso haja expressa previsão no contrato firmado entre as partes, sendo fundamental uma análise cuidadosa, de preferência com o auxílio de advogado. Recomenda-se que haja no contrato cláusula que exonere o condomínio de responsabilidade por qualquer evento danoso que ocorra na loja de conveniência.

Adicionalmente, o condomínio pode ser responsabilizado caso, por sua culpa, a empresa não consiga identificar o autor do furto. Isso pode acontecer, por exemplo, se um visitante entrar no condomínio sem ser registrado pela portaria.

Baccin Advogados Associados OAB/SC 238/96
Adolfo Mark Penkuhn OAB/SC 13.912
(48) 3222-0526

  • Gostou do conteúdo? Indique a um amigo!
SELECT i.*, CASE WHEN i.modified = 0 THEN i.created ELSE i.modified END as lastChanged, c.name AS categoryname,c.id AS categoryid, c.alias AS categoryalias, c.params AS categoryparams, u.userName AS nomeColunista , u.image AS imgColunista , u.userID AS idColunista FROM #__k2_items as i RIGHT JOIN #__k2_categories c ON c.id = i.catid LEFT JOIN #__k2_users u ON u.userID = i.created_by WHERE i.published = 1 AND i.access IN(1,1,5) AND i.trash = 0 AND c.published = 1 AND c.trash = 0 AND ( i.publish_up = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_up <= '2024-03-03 02:17:49' ) AND ( i.publish_down = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_down >= '2024-03-03 02:17:49' ) AND i.catid=17 AND i.catid IN(17) OR i.id IN (SELECT itemID FROM #__k2_additional_categories WHERE catid IN(17 ) )  ORDER BY i.id DESC LIMIT 0 , 1
Envie uma pergunta
Contato

Campos Obrigatórios *

Acesse sua Administradora