Inteligência emocional em debate no Condomínio Summit

Inteligência emocional em debate no Condomínio Summit

Especialista em gestão de pessoas destaca que administrar as emoções é fundamental para síndicos aprenderem a lidar de forma mais eficiente com as demandas do dia a dia

“Uma das grandes vantagens das pessoas com inteligência emocional é a capacidade de se automotivar e seguir em frente, mesmo diante de frustrações e desilusões”. Foi com esse pensamento que a palestrante Paula Souza, CEO e diretora de aprendizagem da Paso Treinamento, deu início ao Condomínio Summit realizado no dia 17 de maio, no Centro Empresarial Terra Firme, em São José. O encontro teve como tema ‘Inteligência Emocional para Síndicos’ e contou com a presença maciça dos administradores condominiais vindos de varias cidades do estado e que tiveram a oportunidade de aprender algumas ferramentas para potencializar a sua capacidade de se relacionar com o outro.

Com a missão de estimular a prática da razão em uma sociedade que está acostumada a agir pela emoção, a especialista em gestão de pessoas e psicodrama realizou uma série de dinâmicas em grupo e promoveu uma verdadeira troca de experiências entre os participantes. A palestra, além de enriquecedora através dos conceitos abordados, também proporcionou momentos lúdicos e práticos aos presentes, que puderam exercitar o que estava sendo aprendido.

“O maior desafio do síndico, e na verdade de todos nós seres humanos, é aquela vírgula antes das nossas ações. Precisamos repensar a forma mecânica da qual estamos fazendo as coisas e principalmente pensar em fazer diferente. Este é exatamente o ponto de equilíbrio que a gente precisa. E ter inteligência emocional é ter condições de refletir sobre o problema antes de agir”, explica Paula. Normalmente as pessoas têm todo o conhecimento necessário, mas na hora de colocar em prática acaba repetindo os mesmos erros por impulso.

De acordo com a especialista, a inteligência que conduz ao sucesso da gestão exige que o profissional saiba como colocar da melhor forma possível a sua capacidade intelectual. “Muitas das nossas decisões são tomadas pelo que está na inconsciência, que por sua vez está recheada de experiências. E as vivências são baseadas pela emoção e não pela razão. Por isso, precisamos começar a repensar alguns recursos para que a emoção não seja o comando das nossas ações a todo instante. As coisas que acontecem no condomínio não são culpa do síndico, mas a partir do momento em que ele escolheu estar nesse papel, ele passa a ser parte do problema e tem o dever de ajudar a resolver”, avalia a palestrante.

Entre as dicas da noite, está uma das técnicas mais antigas e que deveria ser incorporada à rotina de todos. “O cérebro só precisa de seis segundos para equilibrar razão e emoção. Então o fato de pararmos e processarmos seis segundos já equilibra a minha resposta para ela não ser só de cunho emocional. Para que ela também tenha razão, faça sentido e tenha conexão”, comenta. Além disso, ela também destaca a necessidade de tirar a palavra não do vocabulário. Segundo Paula, o cérebro automaticamente desconsidera a palavra, por isso é mais eficaz você falar ou colocar avisos que não apresentem essa ideia. Ao invés de dizer “Não corra”, use a expressão “Ande mais devagar”, por exemplo.

 

Empresas estimulam a capacitação

O evento contou com o patrocínio de empresas que investem e estimulam a qualificação do setor. De acordo com o Eduardo Corrêa, da ELA Engenharia Sustentável, estar presente no encontro é um momento muito importante, ainda mais por ser focado no seu público alvo, os síndicos. “No Condomínio Summit nós temos o casamento perfeito: o evento é direcionado aos gestores e nós trabalhamos com soluções para condomínios, levando sempre a questão da sustentabilidade adiante”, explica.

Já Cleber Itamaro, da Level One, destaca a importância da troca de informações com as pessoas. “Para nós que já temos experiência no atendimento a condomínios, é muito gratificante esse contato com novas pessoas. Mais que promover negócios, esses encontros proporcionam uma troca que vai além da prestação de serviços, pois buscamos orientar os síndicos da melhor forma possível para sanar todas as dúvidas”, diz.

Para Valamir da Silva, da LAVIP, fazer parte do evento credencia e qualifica a empresa no mercado. “O Condomínio Summit veio para dar um norte a todos os administradores, uma vez que eles têm acesso a informações de qualidade, que ajudam na gestão e prática diária do desafio de administrar um condomínio. E, além disso, o evento elevou o nível de exigência do mercado, onde só consegue se manter quem está em dia com todas as suas responsabilidades”, avalia.

 

Priscila Marcelino

“A capacitação é fundamental para oxigenar o nosso trabalho dentro do condomínio. E, a palestra veio como uma reflexão motivacional para que o síndico utilize ou desenvolva sua competência emocional para lidar com o dia a dia, onde ele é um elo entre o problema e uma solução. O síndico moderno é um ser pacificador e para mim o encontro foi inspirador para incentivar as boas práticas do meu próprio ser. Fiquei com a reflexão de que ‘sempre podemos mais’ e ‘devemos contar até 10’”.
Priscila Marcelino, síndica do Residencial Quatro Ilhas, de São José

 

Gilberto Cesari
“A troca de experiências é extremamente importante para o enriquecimento profissional e durante a palestra pude identificar vários aspectos que vão fazer a diferença no meu dia a dia no condômino. Uma das dicas mais importantes para mim foi a necessidade de mudar de foco ou a maneira de vermos as coisas. Mudando as necessidades, nossos objetivos, é possível encarar com mais otimismo o trabalho a ser realizado. Em Joinville estamos muito carentes de atividades como esta, quem tem como objetivo qualificar o síndico”.
Gilberto José Cesari, síndico profissional em Joinville

 

Jaison Schutell
“Participar de encontros como este, que tem toda essa diversidade de síndicos é fantástico. A palestra se torna mais uma oficina, em que você agrega valores das mais diferentes culturas. Realmente agimos em muitas ocasiões com a emoção e como gestores precisamos refletir mais sobre nossas ações. A dica de tirar a palavra não da comunicação foi muito impactante para mim. Com certeza vou levar para o meu trabalho. Além disso, espero ter a oportunidade de estar presente na próxima palestra”.
Jaison Schutell, síndico do Residencial Onix, de Brusque

Adriana Santos

“A palestra foi sensacional! Um tema muito importante abordado com propriedade pela palestrante Paula Souza, que mesmo em pouco tempo, trouxe experiências e aprendizados incríveis para nós profissionais da área. Hoje em dia, ser síndico não é mais uma função técnico-administrativo e sim de gestão de pessoas. Ficou um gostinho de quero mais e uma gratidão enorme por ter participado deste evento”.
Adriana Cestari Santos, síndica profissional de Balneário Camboriú

 

  • Gostou do conteúdo? Indique a um amigo!




  • A-
  • A+
Enquete

Nos 17 anos do Jornal dos Condomínios, gostaríamos de saber: quem é você, leitor do portal?

SELECT i.*, CASE WHEN i.modified = 0 THEN i.created ELSE i.modified END as lastChanged, c.name AS categoryname,c.id AS categoryid, c.alias AS categoryalias, c.params AS categoryparams, u.userName AS nomeColunista , u.image AS imgColunista , u.userID AS idColunista FROM #__k2_items as i RIGHT JOIN #__k2_categories c ON c.id = i.catid LEFT JOIN #__k2_users u ON u.userID = i.created_by WHERE i.published = 1 AND i.access IN(1,1,5) AND i.trash = 0 AND c.published = 1 AND c.trash = 0 AND ( i.publish_up = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_up <= '2018-06-23 03:51:55' ) AND ( i.publish_down = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_down >= '2018-06-23 03:51:55' ) AND i.catid=17 AND i.catid IN(17) OR i.id IN (SELECT itemID FROM #__k2_additional_categories WHERE catid IN(17 ) )  ORDER BY i.id DESC LIMIT 0 , 1
Acesse sua Administradora