Decoração de Natal no condomínio

Decoração de Natal no condomínio

Chegou a hora de tirar os enfeites do armário e preparar uma bela decoração para as festas de fim de ano no condomínio.

Árvore de natal, luzes pisca-pisca, Papai Noel, guirlanda e bolinhas coloridas. Nada mais simbólico para marcar a despedida de mais um ano que chegou ao fim do que os preparativos para o Natal. Nesta época do ano, a maioria dos condomínios ganham um toque especial, mas como ficam as despesas?

De acordo com o síndico profissional e professor de administração condominial Odimar Manoel, os custos para a despesa de decoração normalmente são muito pequenos e dispensam apresentação em assembleia, entrando no custeio ordinário. “Uma vez já compradas as peças de decoração como árvores, luzes, guirlandas, que têm seu custo mais elevado, a manutenção é muito tranquila. Mas, caso esse tipo de gasto não esteja previsto no orçamento anual do condomínio e o valor envolvido seja vultoso, é recomendado aprovar junto aos moradores”, explica.

Para os condomínios que querem enfeitar a área de convívio comum, mas estão com o caixa apertado, uma boa saída é apostar no reaproveitamento do material do ano anterior. Normalmente, eles podem ser utilizados por até cinco anos, repondo apenas pequenos enfeites. “Para entrar no clima e absorver a energia que o natal traz para as pessoas, sempre implementei nos prédios que administrei a sistemática de decoração de acordo com a realidade financeira, sendo que a prioridade era o hall de entrada e conforme a possibilidade decorávamos também as entradas dos andares e as áreas de lazer”, comenta Odimar.

Decoração

De acordo com Márcia Regina Santolin, especialista em projetos para condomínios, a melhor opção ainda são as árvores. “Além de ser a maior referência do Natal, elas são ideais para preencher o ambiente ou valorizar uma área menor. E como complemento ainda temos os arranjos e guirlandas como tendência”, comenta. Segundo a decoradora, os custos podem ser mais altos no primeiro ano, nos demais, com o reaproveitamento das peças, o orçamento é apenas de manutenção. “Como dica para não ter gastos futuros, eu recomendo investir em uma árvore de qualidade, com muitos galhos e que não exija a compra de muitos enfeites para valorizar o espaço. Como o produto dura bastante tempo e você consegue reutilizá-lo, o segredo é ir adquirindo enfeites simples, que possam ser substituídos por novos de acordo com a vontade dos moradores”, explica a decoradora.

As tradicionais luzinhas ganharam um toque lúdico e agora elas podem ser encontradas nos mais variados formatos, como estrelas e flores. A preferência tem sido pelas de Led, que além de econômicas, são mais bonitas e duradouras. Para não colocar a segurança em risco, a decoradora dá como dica investir em um material de boa qualidade e sempre verificar as condições elétricas do condomínio, para saber se há o suporte necessário para o uso de tantas lâmpadas.

Confira alguns cuidados com a iluminação natalina

- Quando comprar os cordões de luz ou o tradicional pisca-pisca, dê preferência para os de boa procedência, com certificação de qualidade

- Quando reutilizar materiais, é importante verificar a condição dos fios e emendas. Revestir com fita isolante

- Confira se a capacidade e resistência dos condutores são suficientes para o material que será instalado

- Nunca substitua lâmpadas queimadas com o aparelho ligado na energia

- Antes de decorar fachadas, jardins e grades certifique-se de que não há umidade ou água no local.E, nesses casos, é importante utilizar fitas de alta fusão.

- Ligue sempre os plugues dos conjuntos em tomadas apropriadas, de acordo com o tipo de plugue. As extensões devem ser de material apropriado, com plugues normatizados pelo IMETRO;

- Jamais corte o plugue original e faça ligações improvisadas, colocando o fio direto na tomada;

- Fios do tipo paralelo (isolação 300V) devem ser usados apenas em instalações internas. Para instalações externas, deve ser usados cabos do tipo PP, com capa de proteção;

- Para evitar mal-contato e choques elétricos em emendas de fios, use conectores apropriados que garantem excelente contato e dispensam o uso de fitas isolantes. Caso não sejam usados conectores, as emendas devem ficar bem apertadas, de preferência estanhadas, e isoladas com fita isolante de qualidade, tapando toda a parte de cobre do fio, com pelo menos três camadas;

- Não use conexões com tomadas e plugues em instalações externas para evitar o risco de entrada de água e de choque elétrico.

Fonte: Larissa Agne, consultora luminotécnica / http://programacasasegura.org

  • Gostou do conteúdo? Indique a um amigo!




  • A-
  • A+
Enquete

Descreva como é a gestão no seu condomínio

SELECT i.*, CASE WHEN i.modified = 0 THEN i.created ELSE i.modified END as lastChanged, c.name AS categoryname,c.id AS categoryid, c.alias AS categoryalias, c.params AS categoryparams, u.userName AS nomeColunista , u.image AS imgColunista , u.userID AS idColunista FROM #__k2_items as i RIGHT JOIN #__k2_categories c ON c.id = i.catid LEFT JOIN #__k2_users u ON u.userID = i.created_by WHERE i.published = 1 AND i.access IN(1,1,5) AND i.trash = 0 AND c.published = 1 AND c.trash = 0 AND ( i.publish_up = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_up <= '2018-12-16 06:35:44' ) AND ( i.publish_down = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_down >= '2018-12-16 06:35:44' ) AND i.catid=17 AND i.catid IN(17) OR i.id IN (SELECT itemID FROM #__k2_additional_categories WHERE catid IN(17 ) )  ORDER BY i.id DESC LIMIT 0 , 1
Acesse sua Administradora