Conselho decidirá se membro do MP pode se candidatar a síndico de prédio

Conselho decidirá se membro do MP pode se candidatar a síndico de prédio

 

Para criador da proposta, vedação representa “isolamento como cidadão” e impede participação na comunidade

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) deve analisar proposta de resolução para autorizar que membros do Ministério Público da União e dos Estados exerçam cargos de síndico de edifícios em condomínios nos quais residam ou sejam proprietários.

A sugestão foi apresentada na última terça-feira (12/06) pelo conselheiro do CNMP Valter Shuenquer. Em sua proposta, Shuenquer argumenta que o membro do Ministério Público, “agente político que é, também participa da sociedade em que inserido, nela devendo estar plenamente integrado”.
“Eventual vedação”, afirma o conselheiro, “seria uma forma de isolamento do membro ministerial enquanto cidadão, no que diz respeito à sua ampla e efetiva participação na comunidade”. Ainda nas justificativas, Shuenquer afirma que o direito a se candidatar a síndico se caracteriza como desdobramento do direito à propriedade, previsto no artigo 5º da Constituição Federal.

A proposta será relatada por um membro do CNMP antes de sua apreciação pela composição completa do conselho. Se aprovada, a proposta de permitir que membros do Ministério Público comandem reuniões e assinem atas de condomínios fará mudanças na Lei Complementar nº 75 e na Lei nº 8.625, ambas de 1993, que tratam sobre a estrutura do Ministério Público.

Atualmente, o artigo 237 da Lei Complementar, refletido no artigo 44 da Lei, veda aos membros do MP uma série de atividades, tais como receber honorários ou custas processuais, exercer advocacia e ser acionista de qualquer empresa, assim como ocupar função pública (à exceção do Magistério) ou ter filiação partidária.

 

Matéria originalmente publicada em JOTA

 

  • Gostou do conteúdo? Indique a um amigo!




  • A-
  • A+
Enquete

Descreva como é a gestão no seu condomínio

Auto Gestão (Não tem auxilio de administradora/contabilidade) - 16.1%
Auto Gestão Assistida (Contrata serviços terceirizados de contabilidade) - 17%
Gestão com empresa administradora - 32.1%
Síndico Profissional (com administradora) - 27.7%
Síndico Profissional (sem administradora) - 5.4%
SELECT i.*, CASE WHEN i.modified = 0 THEN i.created ELSE i.modified END as lastChanged, c.name AS categoryname,c.id AS categoryid, c.alias AS categoryalias, c.params AS categoryparams, u.userName AS nomeColunista , u.image AS imgColunista , u.userID AS idColunista FROM #__k2_items as i RIGHT JOIN #__k2_categories c ON c.id = i.catid LEFT JOIN #__k2_users u ON u.userID = i.created_by WHERE i.published = 1 AND i.access IN(1,1,5) AND i.trash = 0 AND c.published = 1 AND c.trash = 0 AND ( i.publish_up = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_up <= '2019-10-18 17:03:09' ) AND ( i.publish_down = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_down >= '2019-10-18 17:03:09' ) AND i.catid=17 AND i.catid IN(17) OR i.id IN (SELECT itemID FROM #__k2_additional_categories WHERE catid IN(17 ) )  ORDER BY i.id DESC LIMIT 0 , 1
Acesse sua Administradora