Síndicos e funcionários de portaria participam de encontro sobre segurança condominial

Síndicos e funcionários de portaria participam de encontro sobre segurança condominial

Importantes esclarecimentos foram prestados dia 9 de novembro, no Iº Encontro de Segurança Condominial do CONSEG Bacia do Itacorubi, direcionado a síndicos e a funcionários de portaria, realizado no Centro de Ensino PMSC localizado no bairro Trindade, em Florianópolis.

Elisete Pacheco, síndica, diretora do CONSEG Bacia do Itacorubi e organizadora do evento, diz perceber uma urgência dos síndicos em se organizarem a nível municipal e estadual. A exemplo de outros estados do país como Paraná e São Paulo, que possuem seus conselhos de síndicos, Elisete estuda a possibilidade da criação de um conselho ou sindicato de síndicos em Santa Catarina
A síndica adiantou que pretende trazer cursos de capacitação e formação na área condominial com a intenção de fortalecer a atuação e valorizar a profissão dos síndicos no estado.
“Estivemos em eventos nacionais relativos a condomínios e em contato com o Conselho de Síndicos do Paraná para entender como podemos ter uma iniciativa dessa em Santa Catarina. Neste tempo como síndica percebi que nós síndicos temos várias necessidades e unidos teremos mais chances de trabalhar com eficiência e eficácia. Não temos dúvidas de que o associativismo nos faz mais fortes e que podemos alcançar grandes conquistas para a nossa área, se trabalharmos juntos”, avaliou.

elisete

Elisete Pacheco, síndica, diretora do CONSEG Bacia do Itacorubi e organizadora do evento.

O evento que contou com a presença de aproximadamente 100 participantes foi aberto com a palestra do Tenente Eduardo Rieger, Comandante da 4ª Cia do 4º Batalhão da PMSC que apresentou o projeto Rede de Vizinhos para condomínios.

O Tenente Rieger avaliou o número de síndicos e funcionários de condomínios presentes ao encontro como uma surpresa muito positiva e salientou que a percepção de segurança deve ser enaltecido e cada vez mais construído pela comunidade.
“As pessoas estão percebendo que a segurança pública não é um trabalho somente da percepção criminal da polícia, mas também um trabalho de todos cuidarem uns dos outros. As pessoas estão aqui preocupadas pela insegurança, mas muito mais do que isso, também porque acreditam que podem mudar esta realidade”, salientou.

tenrieger

Tenente Eduardo Rieger, Comandante da 4ª Cia do 4º Batalhão da PMSC

As explicações ficaram a cargo também de Fernando José Luiz, Coronel da Reserva da PMSC, consultor e especialista em segurança que ministrou treinamento aos funcionários de portaria presentes e proporcionou orientações aos síndicos sobre como avaliar as vulnerabilidades e ameaças ao condomínio, bem como recomendações para mitigar riscos para serem levantados em assembleia. “O objetivo da palestra foi realizar um processo de prevenção para que nossos condomínios não sejam vítimas de arrastões e roubos coletivos, a exemplo do que acontece nos grandes centros”.

celfernando

Fernando José Luiz, Coronel da Reserva da PMSC, consultor e especialista em segurança.

Durante quase três horas, foram debatidos problemas e dúvidas em relação a assuntos como a sensibilização de síndicos e funcionários a respeito da segurança em condomínios e esclarecimentos sobre a metodologia, benefícios e a responsabilidade dos participantes da Rede de Vizinhos.

A reunião foi organizada pela síndica Elisete Pacheco, do Condomínio Granville de Florianópolis, com o apoio da 4ª Cia do 4º Batalhão da PMSC, Conseg Bacia do Itacorubi, Jornal dos Condomínios e Grupo Adservi.

Verifique entrevista com o Tenente Eduardo Rieger, comandante da quarta companhia do 4º Batalhão de Florianópolis sobre a Rede de Vizinhos, Consegs e a participação na comunidade nestes projetos:


Jornal dos Condomínios - O senhor disse que os cidadãos devem compartilhar e viver mais a sua cidade, como fazer isso com tanta insegurança?

Tenente Rieger - Nós vemos que hoje as pessoas estão se trancando, se refugiando em suas casas e condomínios e cada vez mais evitam os espaços públicos, como se fosse um sinônimo de perigo e insegurança. Mas na verdade quando deixamos de habitar os espaços públicos quem passa a tomar conta são pessoas mal intencionadas que aproveitam este vácuo. Acredito que temos que viver mais a nossa cultura de comunidade, conhecer nossos vizinhos e retornar o contato que existia anteriormente, pois só assim nós vamos conseguir construir uma verdadeira Rede de Vizinhos onde cada um auxilia e são solidários entre si, e a nossa segurança seja construída por nós mesmos.

JC- O programa Rede de Vizinhos funciona também no sentido de resgatar o senso de comunidade?

Tenente Rieger - O programa funciona porque diz respeito à própria comunidade, aquilo que as pessoas vivem no seu dia a dia, aquilo que elas convivem e compartilham seus medos e receios. Diante disso elas conseguem ter um objetivo em comum que é a sua segurança e, mais do que isso, elas percebem que são uma comunidade. A preocupação com o nosso próximo se perdeu ao longo do tempo, mas nós resgatamos isso com o programa Rede de Vizinhos.

JC- Como está a participação na Rede de Vizinhos em números na região da Bacia do Itacorubi?

Tenente Rieger - Hoje temos de forma direta a participação de aproximadamente seis mil e quinhentas pessoas, o que quer dizer que indiretamente temos a participação de 30 mil pessoas, pois em cada imóvel, em cada condomínio temos atuantes os síndicos, os vigilantes e os porteiros, e em cada casa temos um morador. Se somarmos isso temos aproximadamente 30 mil pessoas abrangidas por este projeto que é o Rede Vizinhos só na área do 4º Batalhão, temos ainda o 21º Batalhão que abrange o norte da ilha e que se somando com certeza é um número bastante relevante de participantes.

JC- Quais os alvos mais atraentes para os criminosos e a importância da participação de porteiros de condomínios na Rede de Vizinhos?

Tenente Rieger - Hoje os crimes que mais ocorrem nos condomínios são os furtos de objetos que são facilmente transportáveis e de valor, como objetos tecnológicos e joias. Mas temos observado que nos condomínios em geral os furtos ocorrem na área plana e no que é de fácil acesso como bicicletas, por serem mais fáceis de serem retiradas e não provém tanto risco para a ação do ladrão. Os meliantes buscam acessos pelos pontos mais fáceis, como por exemplo, já estarem aguardando em alguma entrada do edifício que é franqueada por um morador desatento.
Todos aqueles que têm função de guarda e zelo pela segurança do prédio, síndicos, porteiros, vigilantes e que participam da Rede de Vizinhos ou de palestras como estas estarão mais orientados. Eles vão entender que cada espaço que é dado ao criminoso é uma oportunidade dele cometer os seus atos. Desta forma nós temos que zelar, pois cada falha que nós entendemos ter e que olhamos que possa acontecer, com certeza é por ali que está ocorrendo os problemas de segurança em nosso condomínio.

JC- O síndico enquanto gestor de um condomínio e por ter uma posição de liderança pode chamar atenção e levar as pessoas da sua comunidade a entenderem mais sobre essa preocupação com segurança ?

Tenente Rieger - Sempre alguém tem que ter o encargo de chamar a atenção das pessoas para aquilo que é o certo o correto. Vejo que o sindico é essa pessoa, pois é ele quem atua na gestão do condomínio. A figura do sindico é uma peça fundamental que pode influenciar, mostrar e modificar a realidade que hoje é danosa e criar realidades que possam ser muito benéficas ao condomínio. Só ele tem o poder de construir esta segurança, ele é o caminho, é a ponte para que a gente possa chegar aonde nós queremos que é a todos os condôminos, a todos os cidadãos.


JC- Segundo estatísticas do 4º batalhão da policia militar, Houve uma redução de 29,36% do número de roubos no período de janeiro a agosto, no comparativo de 2016 e 2017. Isso se deve também à atuação dos grupos da Rede de Vizinhos?

Tenente Rieger - Com toda a certeza, os criminosos só aumentam a cada dia, nós vemos atuações de criminosos especializados, aumento de armamentos , de pessoas mal intencionadas e nós vemos que não há um aumento proporcional do número de policiais. Porém, em contrapartida, temos cidadãos conscientes, pessoas preocupadas e isto é o que muda todo o cenário, pois poderíamos ter o dobro do efetivo e não teria a efetividade de pessoas conscientes cuidando dos seus ambientes e preservando aquilo que é seu e dos outros também e daquilo que é público. Saímos satisfeitos desta reunião pelo número de pessoas participantes, mas também pela efetividade do programa no seio do 4º Batalhão.

JC-Os Consegs e o programa Rede de Vizinhos tem uma grande relação e encontram na comunidade uma importante participação. Como isso acontece?

Tenente Rieger - O Conseg (Conselho Comunitário de Segurança) é um local onde a gente discute, entende e compartilha problemas e busca soluções. A valorização dos Consegs é diretamente proporcional a uma sociedade preocupada com seu bem estar, uma sociedade que tem entendido que ela é a protagonista também da sua segurança. O Conseg é fundamental e trabalha muito pela união das pessoas e funciona para que a segurança seja uma realidade. Os Consegs são os facilitadores, abraçaram e difundiram de maneira muito rápida a causa da Rede de Vizinhos.

  • Gostou do conteúdo? Indique a um amigo!




  • A-
  • A+
Enquete

Como é controlada a portaria do seu condomínio?

Portaria Remota - 13%
Portaria 24 Horas Orgânico - 26.7%
Portaria 24 Horas Terceirizada - 24.7%
Controle de Acesso - 16.4%
Não possuímos - 18.5%

Total votos: 146
A votação para esta enquete foi encerrada em: Junho 6, 2017
SELECT i.*, CASE WHEN i.modified = 0 THEN i.created ELSE i.modified END as lastChanged, c.name AS categoryname,c.id AS categoryid, c.alias AS categoryalias, c.params AS categoryparams, u.userName AS nomeColunista , u.image AS imgColunista , u.userID AS idColunista FROM #__k2_items as i RIGHT JOIN #__k2_categories c ON c.id = i.catid LEFT JOIN #__k2_users u ON u.userID = i.created_by WHERE i.published = 1 AND i.access IN(1,1,5) AND i.trash = 0 AND c.published = 1 AND c.trash = 0 AND ( i.publish_up = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_up <= '2017-11-21 11:40:44' ) AND ( i.publish_down = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_down >= '2017-11-21 11:40:44' ) AND i.catid=17 AND i.catid IN(17) OR i.id IN (SELECT itemID FROM #__k2_additional_categories WHERE catid IN(17 ) )  ORDER BY i.id DESC LIMIT 0 , 1
Acesse sua Administradora