Ligações clandestinas de serviços

Ligações clandestinas de serviços


Furto de energia elétrica, de gás e de sinal de TV a cabo consiste num ato ilícito cível e criminal, porém cabe ao síndico aplicar a penalidade adequada

Depois de sentir um cheiro forte de gás no condomínio, a síndica Zoleide Stinghen decidiu chamar um técnico para descobrir o problema no Residencial Levy Linhares, localizado em Canasvieiras. Ao examinar o sistema, o profissional se deparou com uma ligação clandestina de gás, o chamado “gato”. Um morador do prédio instalou uma mangueira direto no botijão, sem passar pelo seu registro, e usava o gás de todos os moradores.


“Todos acreditavam que o gás estava sendo usado nas áreas comuns do prédio como no salão de festas”, diz Zoleide, afirmando que a situação já durava há vários anos. “Acredito que desde que foi construído o prédio, há 18 anos. O síndico anterior só pagava a conta e nunca se deu conta do problema”, aponta Zoleide, que administra o condomínio há dois anos.

Como o sistema de gás encanado já estava com as mangueiras vencidas, Zoleide resolveu o caso com diplomacia. Chamou o condômino e explicou que seu registro estava irregular. “Para minha surpresa, ele não fez nenhum questionamento e aceitou a ligação correta do serviço”, afirma a síndica. “Às vezes temos de ser um pouco cautelosos com as questões que aparecem no dia a dia do condomínio”, aconselha.

Zoleide levou o assunto ao conselho e o problema foi tratado como item de segurança, já que a tubulação estava obstruída e precisava ser substituída. Como o condomínio é pequeno – com apenas 10 apartamentos – não houve contradição dos condôminos e o sistema foi renovado para todos os apartamentos. “Cada morador pagou a sua parte e, felizmente, a questão foi resolvida sem atritos”, diz a síndica.

Ultrasystem Ultragaz 620x360 Pagina 18
Se for identificado o uso clandestino do gás, o síndico deve tomar medidas na esfera administrativa ou acionar as autoridades competentes

O que diz a lei

Ligações clandestinas de serviços não são comuns e nem devem ser, pois são consideradas um ato ilícito, cível e criminalmente, ou seja, uma conduta que viola a legislação vigente no país. Em todo caso, é uma conduta que, uma vez identificada pelo síndico ou por qualquer condômino, deve ser repelida e, se não for resolvida na esfera administrativa, o prejudicado deverá acionar as autoridades competentes.

A responsabilidade do condomínio somente exsurge na hipótese de, uma vez que tomar conhecimento da situação, manter uma postura inerte, isto é, não adotar as medidas necessárias para repelir a conduta do condômino infrator.

O síndico não pode se manter alheio a uma situação dessas. O furto ocorre nas áreas comuns onde estão instalados os terminais de energia elétrica, de TV a cabo etc., de modo que, identificado o ilícito, cabe ao síndico proceder à ciência do condômino lesado e do condômino faltoso, buscando a composição amigável entre as partes, a fim de manter um ambiente harmonioso e saudável.

Não se trata de uma simples infração à convenção do condomínio ou ao regimento interno. Porém, caberá ao síndico, ouvido o conselho ou a assembleia, conforme dispuser as normas internas de cada condomínio, aplicar a penalidade que entender ser mais adequada.

Fonte: Gustavo Gesser, advogado empresarial e imobiliário.

 

SERVIÇOS:

• Clique aqui e encontre Síndicos Profissionais

• Clique aqui e encontre Sistemas Online de Gestão para Síndicos

 

 

  • Gostou do conteúdo? Indique a um amigo!




  • A-
  • A+
Enquete

Descreva como é a gestão no seu condomínio

Auto Gestão (Não tem auxilio de administradora/contabilidade) - 16.1%
Auto Gestão Assistida (Contrata serviços terceirizados de contabilidade) - 17%
Gestão com empresa administradora - 32.1%
Síndico Profissional (com administradora) - 27.7%
Síndico Profissional (sem administradora) - 5.4%
SELECT i.*, CASE WHEN i.modified = 0 THEN i.created ELSE i.modified END as lastChanged, c.name AS categoryname,c.id AS categoryid, c.alias AS categoryalias, c.params AS categoryparams, u.userName AS nomeColunista , u.image AS imgColunista , u.userID AS idColunista FROM #__k2_items as i RIGHT JOIN #__k2_categories c ON c.id = i.catid LEFT JOIN #__k2_users u ON u.userID = i.created_by WHERE i.published = 1 AND i.access IN(1,1,5) AND i.trash = 0 AND c.published = 1 AND c.trash = 0 AND ( i.publish_up = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_up <= '2019-06-24 17:36:04' ) AND ( i.publish_down = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_down >= '2019-06-24 17:36:04' ) AND i.catid=17 AND i.catid IN(17) OR i.id IN (SELECT itemID FROM #__k2_additional_categories WHERE catid IN(17 ) )  ORDER BY i.id DESC LIMIT 0 , 1
Acesse sua Administradora