Assaltantes disfarçados de policiais

  • 18/Abril/2018 - Redação CondominioSC




  • A-
  • A+
Assaltantes disfarçados de policiais

Um grupo de assaltantes abordou a portaria de um condomínio em Florianópolis.

Os bandidos, disfarçados, se apresentaram como policiais federais, informando que precisavam realizar a entrega de um documento ao condômino da cobertura. O zelador, após consultar o síndico, permitiu a entrada dos falsos agentes e o morador foi assaltado. Essa ocorrência poderia ter sido evitada, caso os responsáveis pelo condomínio tivessem recebido orientação adequada de como agir nessa situação.

De acordo com o promotor de Justiça do Ministério Público de Santa Catarina, Márcio Conti Júnior, quando alguém se apresentar como policial (militar, civil ou federal), o porteiro ou zelador deve exigir a carteira funcional de identificação. “Neste caso, o porteiro deve explicar que é norma de segurança do condomínio”.

Em caso de dúvidas a respeito da identidade do policial ou se ele não estiver portando a carteira funcional naquele momento, o funcionário do condomínio pode entrar em contato com a delegacia ou chefia policial para conferir as informações. “É importante lembrar que a boa-fé não é mais atestada pelo modo de falar ou roupa que a pessoa usa”, alerta o promotor. Se a carteira de identificação apresentada parecer fraudada ou falsa, o porteiro deve pedir a presença de uma viatura da Polícia Militar, discando o telefone de emergência 190.

Mesmo confirmando a identificação dos agentes, o empregado do condomínio não deve franquear o acesso livre ao edifício, conforme orienta Conti Júnior: “O porteiro deve entrar em contato com o morador do apartamento e pedir para que ele compareça na recepção”. Somente em última circunstância, quando o morador confirmar que já estava esperando a presença do policial, e se ele preferir, a recepção pode permitir a entrada do agente até o apartamento. Caso o policial esteja portando mandado judicial de busca e apreensão, prisão ou outra medida cautelar, que autorize expressamente seu ingresso no apartamento, o funcionário deve permitir o acesso do policial no condomínio. “Nesses dois casos, o agente deve, de preferência, ser acompanhado pelo porteiro ou zelador”, orienta o promotor.

O promotor Conti Júnior também orienta que todos os procedimentos de identificação devem ser feitos na primeira entrada do prédio e o funcionário da recepção deve permanecer dentro do condomínio, sem fragilizar a segurança inicial. “Uma vez transposto este perímetro, será difícil evitar o golpe”, destaca.

Publicada originalmente em 09/05/2013

 

SERVIÇOS:

• Clique aqui e confira empresas especializadas em Segurança Condominial

• Clique aqui e conheça empresas especializadas em Sistemas de Segurança

• Clique aqui e confira empresas especializadas em Administração de Condomínios

 

  • Gostou do conteúdo? Indique a um amigo!




  • A-
  • A+
Enquete

Como é controlada a portaria do seu condomínio?

Portaria Remota - 13%
Portaria 24 Horas Orgânico - 26.7%
Portaria 24 Horas Terceirizada - 24.7%
Controle de Acesso - 16.4%
Não possuímos - 18.5%

Total votos: 146
A votação para esta enquete foi encerrada em: Junho 6, 2017
SELECT i.*, CASE WHEN i.modified = 0 THEN i.created ELSE i.modified END as lastChanged, c.name AS categoryname,c.id AS categoryid, c.alias AS categoryalias, c.params AS categoryparams, u.userName AS nomeColunista , u.image AS imgColunista , u.userID AS idColunista FROM #__k2_items as i RIGHT JOIN #__k2_categories c ON c.id = i.catid LEFT JOIN #__k2_users u ON u.userID = i.created_by WHERE i.published = 1 AND i.access IN(1,1,5) AND i.trash = 0 AND c.published = 1 AND c.trash = 0 AND ( i.publish_up = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_up <= '2018-05-23 03:24:26' ) AND ( i.publish_down = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_down >= '2018-05-23 03:24:26' ) AND i.catid=17 AND i.catid IN(17) OR i.id IN (SELECT itemID FROM #__k2_additional_categories WHERE catid IN(17 ) )  ORDER BY i.id DESC LIMIT 0 , 1
Acesse sua Administradora