Brincadeira levada a sério

  • 31/Outubro/2011 - Kalyne Carvalho




  • A-
  • A+
Brincadeira levada a sério

 

As áreas de lazer do condomínio são excelentes para canalizar a energia da garotada e evitar que elas brinquem em locais como corredores ou portarias. Os condomínios que possuem um espaço adequado, como piscina ou playgrounds, são excelentes locais para que os pequenos possam socializar-se, desenvolver habilidades e, principalmente, divertir-se!

Mas, para que a brincadeira seja segura, é preciso tomar alguns cuidados com a manutenção dos parquinhos e da piscina, dois dos mais comuns equipamentos de lazer nas edificações. Acompanhe as dicas de síndicos, de empresas que fabricam os brinquedos e de uma psicóloga, que presta orientações sobre a responsabilidade dos pais para garantir a segurança da meninada.

Criança sozinha? Não!

O condomínio Villa Maggiori, na Capital, prepara-se para inaugurar o parquinho de diversão das crianças. O síndico Paulo Medeiros arrumou a área que vai receber os brinquedos: balanços, escorregadores e rede para subir e brincar. Ele conta que foram feitos vários orçamentos até se optar pela empresa considerada a mais adequada. “É importante conhecer a empresa que prestará o serviço”, orienta.

Além de um espaço para o parquinho, o local terá bancos e mesas para que os adultos possam ficar próximos às crianças. “Os pais precisam sempre estar junto aos filhos para cuidar e evitar que se machuquem”, destaca. Num outro espaço do prédio será feita uma pequena trilha ecológica, que ajudará a unir ainda mais crianças e pais.

O condomínio tem uma piscina e há regras para o uso pelos adultos e também pelas crianças. Não se pode entrar sem tomar uma ducha antes, não pode usar bronzeador e nem fazer xixi na água.

Outra regra refere-se ao uso do salão para as festinhas de crianças ou adolescentes. “Os pais são os responsáveis por cuidar do local e também vigiar os filhos”, diz.

Espaço para ser criança

O parque de diversões do condomínio Villa Ventura, também em Florianópolis, foi inaugurado há um ano e meio. O síndico Felipe Torrens Braga conta que está sempre de olho para saber se os brinquedos estão em bom funcionamento. No local, as crianças podem se divertir nos balanços, nos escorregadores e na casa do Tarzan. Lá, os pais ou responsáveis também precisam estar junto aos filhos para usufruir dos brinquedos e também do salão de festas, quando promovem algum evento.

Parque recém inaugurado

O condomínio Pitangueiras, que fica no Bairro Santo Antônio, na Capital, está com um parque novinho em folha para as crianças. A inauguração ocorreu há dois meses. O síndico Ricardo Votto Braga afirma que também fez alguns orçamentos antes de optar pela empresa que mais ofereceu segurança e que também será responsável pela manutenção dos equipamentos.

Manutenção a cada seis meses

A Brubrinq, de Florianópolis, fabrica brinquedos para condomínios e também faz a instalação por questões de segurança. A responsável pelo setor de vendas, Cristhiane Ferreira Lima, destaca que há uma equipe treinada para fazer este trabalho.

De acordo com Cristhiane, a manutenção geral dos equipamentos pode ser feita a cada seis meses. Neste caso, são observados se todos os brinquedos estão em bom estado de conservação, se não há lascas de madeira ou parafusos soltos, ferrugem ou outros problemas que podem causar acidentes. “O síndico ou o zelador também podem fazer a vistoria semanal para verificar se está tudo em ordem”, pondera.

Pais ajudam a fiscalizar

Os pais podem contribuir com a fiscalização do bom funcionamento dos brinquedos porque precisam estar ao lado dos filhos na hora das brincadeiras. “Como eles é que estão com mais frequência no local, podem ajudar a vistoriar se há algum problema”, avalia Max Bianchin, proprietário da Cia da Criança, de Florianópolis, que também fabrica brinquedos para condomínios.

Na avaliação de Bianchin a manutenção geral pode ser feita anualmente, mas síndicos e zeladores podem observar semanalmente se há algum equipamento que necessite de uma atenção mais especial.

Atrair os pequenos para outras atividades

A psicóloga e psicopedagoga Ana Cláudia de Souza, da Capital, dá algumas dicas para que os pais tenham mais segurança no condomínio: seja dentro de casa, no parquinho, na piscina ou no elevador.

De acordo com a psicóloga, as crianças entendem muito mais a ação do que as palavras. “Criança pequena não entende o discurso que os adultos querem impor sobre não mexer, não fazer”, explica. A psicóloga destaca que se os pais percebem que a criança está querendo fazer algo considerado inadequado, devem tirá-la daquele local e propor outra atividade. “Criança quer é brincar e ela não tem noção de que algumas coisas podem machucar ou fazer mal. Cabe aos pais ficarem atentos para evitar acidentes”, conclui.

Dicas de segurança

Proteger as piscinas com cercas e cadeados no portão para evitar que crianças desacompanhadas tenham acesso à água.

Adaptar o piso do playground com areia ou borracha para amortecer eventuais quedas. Retirar as plantas tóxicas das áreas comuns.

Festas de crianças e adolescentes podem ser realizadas, mas um adulto sempre deve estar presente o tempo todo.

Nos elevadores, a criança não deve pular ou fazer movimentos bruscos dentro da cabine e nem acionar os botões desnecessariamente.

Legislação

Para montar um playground, a escolha dos brinquedos deve seguir a norma NBR 14350 – 1:1999 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). A norma estabelece os requisitos mínimos de segurança para evitar acidentes.

  • Gostou do conteúdo? Indique a um amigo!




  • A-
  • A+
Enquete

Descreva como é a gestão no seu condomínio

Auto Gestão (Não tem auxilio de administradora/contabilidade) - 16.1%
Auto Gestão Assistida (Contrata serviços terceirizados de contabilidade) - 17%
Gestão com empresa administradora - 32.1%
Síndico Profissional (com administradora) - 27.7%
Síndico Profissional (sem administradora) - 5.4%
SELECT i.*, CASE WHEN i.modified = 0 THEN i.created ELSE i.modified END as lastChanged, c.name AS categoryname,c.id AS categoryid, c.alias AS categoryalias, c.params AS categoryparams, u.userName AS nomeColunista , u.image AS imgColunista , u.userID AS idColunista FROM #__k2_items as i RIGHT JOIN #__k2_categories c ON c.id = i.catid LEFT JOIN #__k2_users u ON u.userID = i.created_by WHERE i.published = 1 AND i.access IN(1,1,5) AND i.trash = 0 AND c.published = 1 AND c.trash = 0 AND ( i.publish_up = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_up <= '2019-05-20 15:10:01' ) AND ( i.publish_down = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_down >= '2019-05-20 15:10:01' ) AND i.catid=17 AND i.catid IN(17) OR i.id IN (SELECT itemID FROM #__k2_additional_categories WHERE catid IN(17 ) )  ORDER BY i.id DESC LIMIT 0 , 1
Acesse sua Administradora