Temos uma ação contra um proprietário que ficou inadimplente por 8 anos. Atualmente seus inquilinos pagam o condomínio, mas em nosso Regimento Interno quem está inadimplente não pode usar o salão de festas

Enviado por : Síndico
  • Respondido por : Rogerio Manoel Pedro




  • A-
  • A+

Pergunta: O condomínio tem uma ação contra um morador que deixou de pagar o condomínio de quatro apartamentos por 8 anos, alegando não ter recebido os apartamentos. Atualmente ele aluga os apartamentos e seus inquilinos pagam o condomínio, mas no nosso Regimento Interno quem está inadimplente não pode usar o salão de festa. Entendo que a dívida é do apartamento por esse motivo não deixo usarem o salão, estou agindo correto?

Resposta: Penso que seu entendimento está correto no sentido de que a dívida pertence à unidade, e é comum que as convenções e regimentos proíbam o acesso ao salão de festas aos moradores da unidade inadimplente, de modo a fomentar a adimplência.

Contudo, o seu caso tem duas peculiaridades: a alegação de que a dívida é anterior ao recebimento das chaves, bem como as taxas atuais estão sendo mantidas em dia.

Com relação à responsabilidade pelo pagamento das taxas condominiais, o STJ tem se pronunciado majoritariamente que o comprador não responde pelo débito condominial pelo período anterior ao recebimento das chaves (EREsp 489.647-RJ), recaindo o débito anterior à Construtora.

Além disso, há uma recente decisão do STJ que afirma que o “condomínio, independentemente de previsão em regimento interno, não pode proibir, em razão de inadimplência, condômino e seus familiares de usar áreas comuns, ainda que destinadas apenas a lazer "(Resp 1.564.030-MG).

Ou seja, o STJ está abandonando a antiga distinção entre serviços essenciais e de lazer, e entende atualmente que não se pode negar o direito do condômino inadimplente de ter acesso às áreas comuns do condomínio, independentemente de sua finalidade.

Portanto, pelas peculiaridades do caso, penso que para evitar demandas judiciais, o condomínio deve, desde já, suspender a eficácia da restrição do regimento/convenção e levar este assunto para a Assembleia Geral para ratificação ou retificação da convenção/regimento interno no tocante a este tema.

Pedro & Reblin Advogados Associados
Rogerio Manoel Pedro - OAB/SC 10745
(48) 3223 6263

  • Gostou do conteúdo? Indique a um amigo!




  • A-
  • A+
Enquete

Como é controlada a portaria do seu condomínio?

Portaria Remota - 13%
Portaria 24 Horas Orgânico - 26.7%
Portaria 24 Horas Terceirizada - 24.7%
Controle de Acesso - 16.4%
Não possuímos - 18.5%

Total votos: 146
A votação para esta enquete foi encerrada em: Junho 6, 2017
SELECT i.*, CASE WHEN i.modified = 0 THEN i.created ELSE i.modified END as lastChanged, c.name AS categoryname,c.id AS categoryid, c.alias AS categoryalias, c.params AS categoryparams, u.userName AS nomeColunista , u.image AS imgColunista , u.userID AS idColunista FROM #__k2_items as i RIGHT JOIN #__k2_categories c ON c.id = i.catid LEFT JOIN #__k2_users u ON u.userID = i.created_by WHERE i.published = 1 AND i.access IN(1,1,5) AND i.trash = 0 AND c.published = 1 AND c.trash = 0 AND ( i.publish_up = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_up <= '2017-11-21 11:40:44' ) AND ( i.publish_down = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_down >= '2017-11-21 11:40:44' ) AND i.catid=17 AND i.catid IN(17) OR i.id IN (SELECT itemID FROM #__k2_additional_categories WHERE catid IN(17 ) )  ORDER BY i.id DESC LIMIT 0 , 1
Envie uma pergunta
Contato

Campos Obrigatórios *

Acesse sua Administradora