Condomínio Summit traz Rodrigo Karpat a Florianópolis

Condomínio Summit traz Rodrigo Karpat a Florianópolis

Em palestra, o advogado e especialista em condomínios falou sobre a responsabilidade civil e criminal do síndico

Sibyla Loureiro
Cientes das atribuições e responsabilidades que assumem ao exercer a função de administrar um condomínio, cerca de 300 pessoas, entre síndicos, subsíndicos, conselheiros e administradores, participaram no dia 1º de junho, do Condomínio Summit. O evento, que aconteceu no Centro Empresarial Terra Firme, em São José, está na quinta edição e já é reconhecido como um dos maiores eventos voltado à área condominial de Santa Catarina. Patrocinado por cerca de oito empresas catarinenses, o evento teve como principal destaque a palestra do advogado paulista Rodrigo Karpat, que falou sobre o tema “A Responsabilidade Civil e Criminal do Síndico”.


Para o advogado, apesar da crise que atravessa o país, o mercado condominial está aquecido e em plena expansão. Sendo assim, segundo ele, é preciso qualificação para o cargo e o conhecimento jurídico é essencial. “Quem souber operar em condomínios, vai sair na frente”, diz Karpat, ao lembrar que só na Grande Florianópolis existem mais de seis mil condomínios.


Segundo ele, o trabalho do síndico não é só apresentar balancete, mas sim manter um prédio organizado e conservado. “A gestão do síndico influencia no valor final do imóvel. Um prédio sem padronização, com roupas na sacada, cores diferentes na fachada, entre outras situações, perde a valorização”, aconselha.
O especialista observa que é de extrema importância administrar um condomínio respeitando todos os aspectos legais. “É essa a diferença entre condomínios bem gerenciados e valorizados e prédios sucateados, desvalorizados e com problemas de gestão", explica Karpat.

Responsabilidades
“Costumo dizer que quem soubesse antecipadamente da responsabilidade do síndico, desistiria da função. Mas a ideia, aqui, não é desencorajar, mas sim informar”, diz Rodrigo Karpat. E completa: “Por isso, é uma profissão que, embora não seja regulamentada, tem de ser valorizada”, ao pautar sua palestra com situações do dia a dia do condomínio e apontando os aspectos legais de cada questão.


Dentre as várias responsabilidades que competem ao síndico de acordo com o artigo 1348 do Código Civil, Karpat cita a que imputa ao síndico diretamente uma responsabilidade legal: “diligenciar a conservação e a guarda das partes comuns e zelar pela prestação dos serviços que interessem aos possuidores”. Se não fizer, vai responder pela omissão porque a partir do momento em que ele é eleito síndico, ele leva de brinde as responsabilidades que a lei imputa”, diz o advogado, lembrando: “Existindo culpa, haverá responsabilidade do síndico. A lei atribui a ele empenhar-se na conservação das áreas comuns”.
Para exemplificar, o advogado cita um caso de uma moradora que cai de uma escadaria e sofre escoriações. O síndico vai responder? Depende, se os corrimões não estiverem bem posicionados, na altura que a legislação impõe, o síndico poderá ser responsabilizado. “Não conservar imputa a ele a autoria do fato. Ele podia e devia ter evitado essa situação”, adverte Karpat, citando os pressupostos da responsabilidade civil: ação, omissão e resultado.

Patrocinadores
A quinta edição do Condomínio Summit teve a organização das empresas Scond Sistemas de Gestão, Grupo Adservi Serviços Terceirizados e Exato Condomínios e contou com o apoio do Jornal dos Condomínios, Portal CondomínioSC, Abese e Revista Segurança Eletrônica. O evento foi um patrocínio das empresas Intelbras, Cartórios de Protesto SC, Attento Portaria Inteligente, KSE Ambiental, SDM Automação, Toplake Estruturas Metálicas, Pontual Cobranças e LaVip Lavação e Pinturas Prediais.

Soluções efetivas de segurança para condomínios
A Intelbras, empresa líder em Segurança Eletrônica e 100% brasileira, comercializa equipamentos de CFTV e controle de acesso que contribuem para a prevenção de furtos e roubos em condomínios.
O sistema de controle de acesso da Intelbras oferece melhor controle para quem acessa os diferentes ambientes dentro do condomínio. A Linha SVIP 1000 Intelbras é um sistema de controle de acesso por vídeo, permitindo a liberação de entradapessoal por pequenos chaveiros. Conta com um sistema completo de comunicação, onde é possível receber mensagens, acessar vídeos de pessoas que visitaramo local e deixaram uma mensagem por vídeo, liberar visitantes por meio do vídeo porteiro e acessar as imagens das áreas comuns de lazer e social do condomínio.
Com a linha de CFTV, o porteiro/segurança ou operador de monitoramento podem acessar as imagens das câmeras remotamente, evitando possíveis ocorrências. A linha de CFTV é ideal para condomínios, pois conta com imagens em alta definição com câmeras HD e Full HD que facilitam o monitoramento.
Além disso, a Intelbras oferece soluções integradas para condomínios com os produtos da linha de Incêndio Convencional e Endereçável na prevenção de incêndios e fumaça, iluminação de emergência em casos de falta de energia, alarmes e sensores, soluções de rádio wireless, fechaduras digitais e rádios comunicadores para auxiliar a comunicação da equipe que atua no condomínio


O que acharam os síndicos participantes
      “Fiquei sabendo da palestra pelo Jornal dos Condomínios. Já fui síndica e como estou sempre atrás de toda a notícia que envolve condomínio, resolvi participar. Foi um evento muito esclarecedor e também serve como troca de experiência”.
Beth Martens, moradora do Edifício Roma, em São José.

      “De suma importância promover eventos dessa natureza porque trazem informações para o dia a dia. Existe muita carência de assuntos ligados ao condomínio e, como síndicos, precisamos tomar decisões. Deveria haver mais eventos semelhantes, toda a experiência é fundamental”.
Maria Antônia Alves, síndica do Residencial Elisandra, no bairro Kobrasol

      “É a primeira vez que participo. O tema – além da experiência do palestrante – me chamou a atenção. Temos de estar sempre a par dos assuntos. Com certeza, levo um pouco mais de recursos para o condomínio e também para o lado profissional”.
Andréia Gorges, síndica do Residencial Dona Gelta, no bairro Córrego Grande

      “Participo de todos os eventos. Nunca faltei a nenhum. Acredito ser de grande importância pelas informações que recebemos gratuitamente. Tento aplicar da melhor forma dentro do condomínio que administro. E aproveito para parabenizar os organizadores pelo tema pouco falado na mídia e redes sociais que é a responsabilidade civil e criminal que o síndico pode sofrer”.
Leandro Pandolfo Bonapaz, síndico do Residencial Bosque das Estações, no bairro Bela Vista

      “Os eventos do Condomínio Summit sempre são maravilhosos. Cada dia eles se superam. São eventos sobre assuntos pontuais, de grande importância para o condomínio. Além do conteúdo das palestras, é muito legal trocar experiências com outros síndicos”.
Gelson Silva, síndico do Condomínio Uplife, no bairro Capoeiras

      “Nós, como síndicos, temos de conhecer a responsabilidade criminal, civil e ambiental que é de grande importância. Portanto, trata-se de um momento para atualizar a legislação. É o nosso segundo evento e viemos aqui para convidar o Condomínio Summit para palestrar em Curitiba”.
Adriana More, Edna Milan e Ergio Curtarelli, representantes do Conselho de Síndicos do Paraná

O que acharam os apoiadores do evento

“Achei o evento muito bem organizado, com um cronograma saudável, onde os espectadores assistem sua palestra de interesse e o patrocinador consegue apresentar seu produto, sem ser cansativo para os presentes e de forma muito natural. Para empresa é muito importante participar desse tipo de evento, pois é realizado por pessoas sérias e que têm credibilidade no meio. Nossa marca pretende passar justamente isso, trabalhamos assim e pretendemos continuar esse apoio nos próximos, nos aproximando ainda mais de nosso cliente”.
Renato Pfeiffer Porto, sócio-proprietário da Attento Portaria Inteligente

      “O evento estava perfeito, organizado e com público bem qualificado.É de extrema importância a nossa participação nesses eventos, visto que conseguimos difundir nossos serviços e informar síndicos e administradoras de condomínios a respeito da importância do uso do protesto como ferramenta para cobrança de dividas”.
Priscila Coelho, coordenadora comercial do Cartórios de Protesto SC

      

  • Gostou do conteúdo? Indique a um amigo!




  • A-
  • A+
Enquete

Como é controlada a portaria do seu condomínio?

Portaria Remota - 13%
Portaria 24 Horas Orgânico - 26.7%
Portaria 24 Horas Terceirizada - 24.7%
Controle de Acesso - 16.4%
Não possuímos - 18.5%

Total votos: 146
A votação para esta enquete foi encerrada em: Junho 6, 2017
SELECT i.*, CASE WHEN i.modified = 0 THEN i.created ELSE i.modified END as lastChanged, c.name AS categoryname,c.id AS categoryid, c.alias AS categoryalias, c.params AS categoryparams, u.userName AS nomeColunista , u.image AS imgColunista , u.userID AS idColunista FROM #__k2_items as i RIGHT JOIN #__k2_categories c ON c.id = i.catid LEFT JOIN #__k2_users u ON u.userID = i.created_by WHERE i.published = 1 AND i.access IN(1,1,5) AND i.trash = 0 AND c.published = 1 AND c.trash = 0 AND ( i.publish_up = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_up <= '2017-11-21 11:55:48' ) AND ( i.publish_down = '0000-00-00 00:00:00' OR i.publish_down >= '2017-11-21 11:55:48' ) AND i.catid=17 AND i.catid IN(17) OR i.id IN (SELECT itemID FROM #__k2_additional_categories WHERE catid IN(17 ) )  ORDER BY i.id DESC LIMIT 0 , 1
Acesse sua Administradora